quinta-feira, 17 de dezembro de 2015

(Superliga) Lebes/Gedore/Canoas mantém embalo e vence Montes Claros

Na abertura da 10ª rodada da Superliga 2015/2016, o Lebes/Gedore/Canoas derrotou o Montes Claros por 3 sets a 1, parciais de 25/15, 25/21, 22/25 e 25/22, no ginásio La Salle. Com o resultado, a equipe gaúcha chegou aos 15 pontos e se manteve na 7ª posição, enquanto o time mineiro parou nos 18 pontos e segue no 3º lugar, porém pode cair até o término da rodada.

O time da casa começou com ritmo forte e, aproveitando contra-ataques, fez 4 a 1. Com o oposto Dennis, o Lebes/Gedore/Canoas chegou a 8 a 3. Depois de bom levantamento de Sandro, Dennis marcou mais um e levou o time gaúcho a 13 a 8. No ace de Victor Hugo, o Canoas fez 16 a 9. Quando o placar foi a 18 a 11, o técnico do Montes Claros Vôlei pediu tempo. Sem grande dificuldade, o Lebes/Gedore/Canoas fechou com 10 pontos de vantagem: 25 a 15.

O ponteiro Bob abriu o placar do segundo set para o Montes Claros Vôlei. A parcial teve um início equilibrado (3 a 3) e, depois, 7 a 7. Depois de muita disputa, o Lebes/Gedore/Canoas assumiu o comando do marcador em 13 a 12 e Marcelinho Ramos parou o jogo. No erro do adversário, o time da casa conseguiu abrir dois de vantagem: 20 a 18. No bloqueio de Victor Hugo, o Canoas chegou ao ponto do set (24 a 20). E, com o mesmo jogador, o Lebes/Gedore/Canoas fechou em 25 a 21.

O terceiro set teve mais um início equilibrado. No ponto de saque de André Nascimento, o Montes Claros Vôlei passou a frente em 4 a 3. O time mineiro, então, abriu dois de vantagem (8 a 6). O adversário manteve a diferença (12 a 10) e Marcelo Fronckowiak pediu tempo. Com bom saque de Victor Hugo, O Lebes/Gedore/Canoas chegou ao empate: 12 a 12. Com Salsa bem no bloqueio, o Montes Claros Vôlei fez 16 a 13. Em grande passagem de Rafael pelo saque, a equipe mineira ainda chegou a 18 a 13. O Canoas reduziu um pouco a desvantagem (22 a 18) e Marcelinho Ramos parou o jogo. A diferença ainda caiu para 22 a 20. Mas, no bloqueio de Salsa, o Montes Claros Vôlei fechou em 25 a 22.

Embalado pela vitória no set anterior, o time de Minas Gerais fez 3 a 1 logo no começo da quarta parcial. Na sequência, contando com erros do adversário, o Montes Claros Vôlei fez 7/3. Na sequência, a vantagem mineira passou a ser de seis pontos em 10 a 4. No ace de Kadu, o Montes Claros ainda fez 12 a 5. O Lebes/Gedore/Canoas demonstrou reação e aproximou no placar em 14 a 10. No bloqueio de Matheus, o time gaúcho diminuiu ainda mais a diferença: 15 a 12. O Canoas, então, chegou ao empate em 15 a 15 e passou a frente em 17 a 16. As equipes passaram a trocar pontos na reta final (20 a 20). Depois de cartões vermelhos para o adversário, o Lebes/Gedore/Canoas fechou em 25 a 22.

“O Montes Claros Vôlei está jogando muito bem e, para nós, era importante esse resultado. Mas, é claro que ganhar em casa deixar um sabor melhor para o público e para a nossa família (...) Estamos treinando bem, com seriedade, respeitando o trabalho e o resultado está chegando. Somos todos jogadores fortes, e sabemos que é importante jogar com calma, com vontade e tranquilidade. Jogo se ganha por um ou dois pontos”, declarou o oposto Dennis, que foi eleito o melhor em quadra.

Na próxima terça-feira, às 18h, o Lebes/Gedore/Canoas enfrenta o Copel Telecom/Maringá, no ginásio Chico Neto. No mesmo dia, às 18h30min, o Montes Claros pega o Minas Tênis Clube, na Arena JK, em Belo Horizonte.

Equipes:

Lebes/Gedore/Canoas: Sandro, Dennis, Victor Hugo, Tarcisio, Bozko, Leo Caldeira e Jeffe (líbero)
entraram: Pallotti, Wanderson, Matheus, Alison, Batagim
técnico: Marcelo Fronckowiak

Montes Claros: Rodrigo Ribeiro, André Nascimento, Salsa, Rafael, Bob, Kadu e Kachel (líbero)
entraram: Índio, Juninho, Gian e Renan
técnico: Marcelinho Ramos

foto: Matheus Beck/Lebes/Gedore/Canoas

Nenhum comentário:

Postar um comentário