sexta-feira, 4 de dezembro de 2015

(Superliga) Em confronto direto, Voleisul/Páquetá Esportes encara Brasil Kirin

Neste sábado, às 20h, o Voleisul/Paquetá Esportes faz um duelo direto contra o Brasil Kirin, no ginásio da Sociedade Ginástica de Novo Hamburgo, pela 7ª rodada da Superliga 2015/2016. As duas equipes aparecem com 11 pontos, porém os gaúchos estão na 3ª posição e o time paulista no 4º lugar pelos critérios de desempate. O jogo promete ser um dos mais equilibrados da rodada.

Com quatro vitórias em seis jogos, o Voleisul/Paquetá Esportes começou muito bem a Superliga e espera seguir neste ritmo com mais um resultado positivo em seus domínios. Vindo embalado por ter ganhado do rival Lebes/Gedore/Canoas, o time de Novo Hamburgo entra em quadra com o discurso de respeitar o adversário, mas o técnico Paulo Roese confirma a vontade de todos de garantir uma vitória.

“Eles têm um time muito forte, montado para brigar pelas primeiras posições, e que ainda vai crescer ao longo da competição. Assim como todos, o time de Campinas também vem oscilando dentro da Superliga, mas tem muito a crescer. Temos que aproveitar essa oportunidade, o momento em que estamos, e o apoio da torcida para vencermos o jogo. E acima de tudo, temos que fazer a nossa parte, jogar bem, porque aí o resultado acontecesse”, destacou o técnico Paulo Roese, que segue sem contar com o ponteiro Samuel.

“Estamos preparando o Samuel para que ele volte no final deste primeiro turno, jogando ainda neste ano. O importante é que quem tem entrado tem dado conta de substituí-lo e com isso o conjunto cresce”, concluiu o comandante da equipe gaúcha.

“Esperamos um jogo dificílimo pela qualidade dos jogadores que estão do lado de lá. São jogadores experientes, um elenco que vai brigar pelo título, mas aqui dentro de casa a gente tem que contar com a nossa torcida e buscar a vitória sobre eles”, afirmou o oposto Franco, um dos destaques do Voleisul/Paquetá Esportes neste início de Superliga.

Pelo lado do Brasil Kirin, a partida em Novo Hamburgo será a última da sequência de quatro fora de casa que. A boa vitória sobre São José dos Campos na rodada passada mostrou que o time do técnico Alexandre Stanzioni está no caminho certo e uma vitória sobre um adversário dá, além de uma melhor posição na tabela, novo ânimo para os duelos em Campinas.

“Foi uma série cansativa, mas ganhamos casca. Foram jogos complicados e ganharam rótulo de decisões, pois enfrentamos adversários que brigam pelo mesmo lugar que a gente na classificação, o que aumenta ainda mais a obrigação pela vitória. Neste sábado não será diferente (...) Eles tem um time alto, com bloqueio pesado. São experientes e vão exigir nossa melhor atuação. Precisamos ter paciência na virada de bola e inteligência para usar a velocidade quando for preciso”, comentou o treinador Alexandre Stanzioni.

“Vale posição e não podemos ter outro pensamento senão o da vitória. O primeiro turno está se encaminhando para o final e os times estão começando a enxergar o panorama por quais posições vão brigar. Por isto, é importante somarmos pontos para nos mantermos na luta pelos primeiros lugares”, disse o líbero Tiago Brendle.

Equipes:

Voleisul/Paquetá Esportes
: Rafinha, Franco, Acácio, Robinho, Mão, Jonatas e Thales (líbero)
técnico: Paulo Roese

Brasil Kirin: González, Wallace, Lucas Loh, Olteanu, Vini, Maurício Souza e Tiago Brendle (líbero)
técnico: Alexandre Stanzioni

foto: Daniel Nunes/ Voleisul​/Paquetá Esportes​

Nenhum comentário:

Postar um comentário