segunda-feira, 14 de dezembro de 2015

Com projeto de base dando certo, Suzano pode voltar ao alto rendimento

No final do mês de setembro, o prefeito de Suzano, Paulo Tokuzumi, lançou oficialmente o projeto Rede Vôlei, que atende mais de 700 crianças dos bairros Miguel Badra e Boa Vista. Entre os idealizadores estão João Marcondes, que não faz muito tempo estava na Funvic/Taubaté, e bicampeão olímpico Giovane Gávio, que já jogou pela cidade, e atualmente é gerente de competição do voleibol para os Jogos Rio/2016.

“Estamos cuidando desse projeto com muito carinho para que esta sementinha dê bons frutos no futuro e, quem sabe, Suzano volte a ser reconhecida como a capital brasileira do vôlei (...) Estou muito feliz em voltar a Suzano, cidade onde ganhei meu último título de campeão brasileiro. Vou acompanhar as atividades do projeto de perto e torcer para que ele inspire novos atletas”, declarou Giovane Gávio, que virou padrinho do projeto.

A expectativa é que gradativamente outras escolas ingressem no Rede Vôlei formando pessoas melhores, com a ajuda do esporte, e quem sabe jogadores. Por outro lado, a boa aceitação da comunidade vem chamando a atenção de políticos locais e, principalmente de patrocinadores. Empresas como Wizzard e MRV, que já investiram no voleibol, estariam dispostas a conversar sobre uma equipe de alto rendimento.

Até o momento, o que se sabe são especulações. João Marcondes tem sim interesse de formar uma equipe adulta, mas o foco no momento é na categoria de base. Para se ter uma ideia, Eder Sousa, que anunciou nos últimos dias seu desligamento de Mogi das Cruzes, seria o nome escolhido para formar um time para disputar o Paulista Sub-21 já em 2016.

“A receptividade foi incrível. Isso mostra que o mercado ainda tem muito a oferecer. Queremos massificar a prática esportiva, mas destacando valores importantes para os jovens e que vão, certamente, ajudar em sua formação como cidadão e atleta”, afirmou João Marcondes.

Suzano formou grandes times nos anos 90 tendo conquistado três campeonatos brasileiros (1992/1993 e 1993/1994, quando se chamava Liga Nacional) e (1996/1997 já na criação da Superliga) e oito títulos paulistas. Vários jogadores conhecidos do grande público como Maurício, Giovane, Giba, Marcelo Negrão, Kid, Ricardinho, Max, Marcelinho, Dante, André Nascimento, Murilo, Serginho, Leandro Vissotto e Rodrigão passaram pelo clube que fechou as portas em 2005.

foto: Fernando Araujo/Suzano

Nenhum comentário:

Postar um comentário