domingo, 8 de novembro de 2015

(Superliga) Voleisul/Paquetá Esportes estreia com vitória sobre Juiz de Fora

Jogando no ginásio da Sociedade Ginástica de Novo Hamburgo, a Voleisul/Paquetá Esportes venceu o Juiz de Fora Vôlei por 3 sets a 0, parciais de 25/13, 25/18 e 25/17, pela 1ª rodada da Superliga 2015/2016. Com a vitória em casa, o time gaúcho, que teve o oposto Franco eleito o melhor em quadra, soma três pontos, enquanto a equipe mineira, que sofreu com a falta de entrosamento, inicia a competição sem pontuar.

Com boa presença de público, a Voleisul/Paquetá Esportes mostrou desde o início da partida que ia dominar as ações. Logo de cara, o time gaúcho abriu 4 a 0 no placar, aproveitando os constantes erros de passe do adversário. O ponteiro Samuel e o oposto Franco puderam soltar o braço e com tranquilidade os donos da casa fecharam primeiro set em 25 a 13.

Com o saque forçado e o bloqueio bem montado, a equipe de Novo Hamburgo voltou para o segundo set forçando os erros dos mineiros. Os centrais Robinho e Acácio tinham tranquilidade para segurar os ataques do Juiz de Fora Vôlei, que não conseguia se achar em quadra. O técnico Alessandro Fadul até buscou modificar a equipe, mas a Voleisul/Paquetá Esportes seguiu em ritmo acelerado e venceu por 25 a 18.

No terceiro set, os visitantes até buscaram uma reação e chegaram perto do placar na primeira parada técnica: 8 a 7, porém na sequência, o Voleisul/Paquetá Esportes continuou com um bom desempenho no side-out, forçando o saque e aproveitando os contra-ataques. No final, o que se viu foi a equipe gaúcha administrar o placar, com o forte bloqueio, e fechar o duelo com 25 a 17.

“Estreia é estreia. Eu estava com aquele frio na barriga e um pouco preocupado, mas estudamos muito bem eles vendo os vídeos. Tiramos o Mark (Plotczer, ponteiro), principal jogador deles da partida, sacando nele e deixando ele vir de trás para o ataque, sendo que ele não esperava que o nosso bloqueio fosse tão forte. Ele acabou indo para o banco e isso facilitou o jogo do nosso time (...) Acho que o resultado foi fundamental e para quem almeja algo mais no campeonato, sem menosprezar eles, pois lá será uma partida duríssima, tínhamos que ganhar deles aqui em casa”, afirmou o treinador Paulo Roese.

“O time ainda está se conhecendo e se compararmos do Mineiro para cá temos cinco atletas diferentes. Quase 50% do grupo diferente do grupo que vinha trabalhando nos últimos três meses. Foi uma estreia difícil ruim, aquém do que a gente vinha apresentando no dia a dia. Senti o grupo ansioso em cada ação, muita presa de resolver. Claro que o entrosamento ainda falta, mas hoje o grupo estava ansioso, principalmente os mais novos que estão em sua primeira participação na Superliga (...) Esperamos evoluir, crescer ao longo da competição e fazer partidas muito acima do que apresentamos hoje”, declarou o técnico Alessandro Fadul.

Na próxima quinta-feira, às 19h30min, o Voleisul/Paquetá Esportes enfrenta o São José dos Campos, no ginásio Tênis Clube/SJC. No mesmo dia e horário, o Juiz de Fora Vôlei faz sua estreia em casa diante do Copel Telecom/Maringá, no ginásio da UFJF.

Equipes:

Voleisul/Paquetá Esportes: Rafinha, Franco, Acácio, Robinho, Mão, Samuel e Thales (líbero)
entraram: Bernardo Roese, Renan e Composto
Técnico: Paulo Roese

Juiz de Fora Vôlei: Felipe Hernandez, Leandrão, Igor, Ninão, Renato Hermely, Mark e Fabio Paes (libero)
entraram: Tarik, Djalma, Mauricio, Ricardo Faccin, Tatinho e Diego Almeida
Técnico: Alessandro Fadul

foto: Daniel Nunes/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário