quinta-feira, 19 de novembro de 2015

(Superliga) De igual para igual, Voleisul/Paquetá Esportes pega o Sada/Cruzeiro

Nesta sexta-feira, às 20h, o Voleisul/Paquetá Esportes recebe o Sada/Cruzeiro, no ginásio da Sociedade Ginástica de Novo Hamburgo, pela 4ª rodada da Superliga 2015/2016. O time gaúcho ocupa a 4ª posição e a equipe mineira aparece no 6º lugar, ambos com seis pontos, ou seja, uma vitória neste duelo direto coloca uma das equipes na ponta da tabela, hoje ocupada por São José, com nove pontos.

Depois de vencer Juiz de Fora e São José dos Campos, o Voleisul/Paquetá Esportes acabou perdendo para a Funvic/Taubaté, no ginásio do Abaeté, em uma partida onde a equipe sentiu a perda de Samuel. Aliás, o ponteiro que deixou a quadra no primeiro set do duelo no Vale do Paraíba com uma lesão no ombro direito ficará de três a seis semanas longe das quadras. Renan ou Composto disputam a vaga no medalhista olímpico.

“Temos de ter paciência e, antes de pensar na força do adversário, nos concentrar em fazer um bom jogo pelo nosso lado. O resultado será consequência disso (...) Sem dúvida cresce a responsabilidade deles em sair daqui com um resultado favorável. No entanto precisamos fazer a nossa parte, temos de jogar bem”, declarou o técnico Paulo Roese, lembrando da derrota do Sada/Cruzeiro para o Bento Vôlei/Isabela, na última quarta-feira, na Serra gaúcha.

No Sada/Cruzeiro, o momento é de entrar 100% ligado após a derrota na última partida. O técnico Marcelo Mendez já havia confirmado antes mesmo do início da Superliga que faria um rodízio no time nesta fase classificatória, porém encarou o duelo de quarta-feira passada com força máxima. Para os jogadores celestes, a competição é uma das mais equilibradas dos últimos anos e cada partida será muito disputada.

“Fica a certeza de que todo mundo vem para cima da gente com menos responsabilidade e mais vontade. Por outro lado, nós temos que estar atentos, sempre. Algumas vezes a gente esquece disso e as coisas se complicam para nós. É uma batalha diária. Ninguém vai ganhar somente com a camisa. Se a gente começar devagar, fica mais difícil de reverter. Temos que começar sempre no máximo (...) A gente tem que pensar mais na gente do que no outro time. No nosso preparo, na nossa forma de encarar o jogo, no nosso espírito para o jogo. Pessoalmente, já vou pensando que vai ser uma partida muito difícil contra o Voleisul e temos que estar muito preparados”, disse o líbero Serginho.

Vale destacar que antes da partida ocorrerão atrações para toda a família. No período da tarde (das 16h às 18h30min) será realizado o evento ‘Mini-Vôlei Integrativo’, com o objetivo de reunir crianças entre 8 e 12 anos para que possam se familiarizar com o esporte e se aproximar ainda mais da equipe profissional.

“O evento visa fomentar o interesse cada vez maior de crianças ao voleibol, proporcionando a participação e integração dos envolvidos neste evento que busca incentivar hábitos saudáveis desde cedo”, comentou o diretor-executivo da Voleisul/Paquetá Esportes, Tiago Peter Hoefelmann, sobre a iniciativa muito bacana feita pelo time gaúcho.

Equipes:

Voleisul/Paquetá Esportes: Rafinha, Franco, Acácio, Robinho, Mão, Composto e Thales (líbero)
Técnico: Paulo Roese

Sada/Cruzeiro: William, Wallace, Leal, Winters, Isac, Éder e Serginho (líbero)
Técnico: Marcelo Mendez

foto: ​Rafinha Oliveira/Funvic Taubaté​​

Nenhum comentário:

Postar um comentário