quinta-feira, 26 de novembro de 2015

(Superliga) Sada/Cruzeiro derrota Montes Claros e assume a vice-liderança

O Sada/Cruzeiro derrotou o Montes Claros por 3 sets a 0, parciais de 26/24, 25/21, 24/26 e 25/22, no ginásio Tancredo Neves, pela 5ª rodada da Superliga 2015/2016. Com o resultado, o time celeste chegou aos 12 pontos e aparece na vice-liderança da competição, enquanto o Pequi Atômico segue com sete pontos, agora na 7ª posição na tabela.

O primeiro ponto do jogo foi do ponteiro Filipe, do Sada/Cruzeiro. O Montes Claros, então, virou e fez 3 a 1. O time cruzeirense reagiu e, no bom saque de Wallace, fez 4 a 3. O set seguiu com equilíbrio em 8 a 8 e 12 a 12. Depois de bom saque de Índio, Salsa pontuou e o time da casa fez 15 a 14. Na sequência, o Montes Claros abriu dois em 17 a 15. Mas, no saque de Leal, o time celeste deixou tudo igual novamente (17 a 17). Também no ponto de saque, dessa vez com Isac, os visitantes fizeram 19 a 18. Com Wallace pontuando bem, o Sada/Cruzeiro fez 22 a 20. No final, com Renan Purificação, o Montes Claros empatou em 23 a 23. No bom saque de Leal, o Sada/Cruzeiro fechou em 26 a 24.

O time visitante começou o segundo set embalado e, no bloqueio de Felipe, fez 3 a 1. O Sada Cruzeiro, então, abriu vantagem e, no bloqueio, fez 7 a 4. Quando o adversário tinha seis de vantagem (11 a 5), o técnico do Montes Claros fez duas alterações e colocou o levantador Rodrigo e o ponteiro Kadu em quadra. A vantagem dos visitantes se manteve boa em 16 a 10 e caiu para três em 17 a 14. O Sada/Cruzeiro ainda teve 22 a 18, mas, em boa passagem do central Rafael pelo saque, o Montes Claros aproximou em 22 a 20 e Marcelo Mendez pediu tempo. Na volta, seu time voltou a pontuar e fechou em 25 a 21.

O Montes Claros saiu melhor no terceiro set. Com dois pontos seguidos de Kadu, no bloqueio e no contra-ataque, o time da casa fez 6 a 3. O Sada/Cruzeiro, então, demonstrou reação e chegou ao ponto de empate em 6 a 6. O Montes Claros, então, voltou a pontuar e, com Bob, chegou a 9/6. Na bola de segunda de Rodrigo, os donos da casa fizeram 15 a 12. No bloqueio de Salsa, o Montes Claros abriu quatro de vantagem: 17 a 13. O Sada/Cruzeiro buscou e encostou no placar, com Wallace, em 17 a 16. No erro do adversário, o time visitante empatou: 18 a 18. No ataque de Kadu, o Montes Claros Vôlei abriu dois: 22 a 20. O placar esteve igual novamente em 23/23 e Marcelinho Ramos pediu tempo. No final, o time da casa fechou em 26 a 24.

O Montes Claros Vôlei começou o quarto set muito bem e, em boa passagem de André Nascimento pelo saque, abriu 3 a 0. Os donos da casa seguiram na frente, mas, com Leal, o Sada Cruzeiro encostou no placar (7 a 6). No erro do Montes Claros, a equipe cruzeirense empatou em 8 a 8. O Sada abriu 11 a 9 e Marcelinho Ramos pediu tempo. O Cruzeiro assegurou a vantagem (16 a 12). A diferença no placar caiu um pouco em 19 a 17 a favor do Sada Cruzeiro. A parcial ganhou mais equilíbrio na reta final, com 22 a 21 para o time do Cruzeiro, que fechou em 25 a 22.

“O time deles vem em uma sequência boa e sabíamos que jogar aqui na casa deles não é fácil. Já esperávamos por um jogo difícil e isso já se apresentou no primeiro set. Depois, não conseguimos controlar, sacar melhor, e erramos bastante em horas decisivas. Mas, apesar disso, de um modo geral, conseguimos fazer um bom jogo”, destacou o central Isac.

“Da maneira que fosse, o essencial era sair com os três pontos aqui hoje. Nós sabemos da dificuldade de jogar aqui em Montes Claros, eles começaram muito bem a Superliga, tirando pontos de grandes favoritos. Mas fizemos um bom jogo. Estamos retomando nosso ritmo natural depois de toda a pressão e desgaste no início desta temporada, e estamos fortalecendo o nosso conjunto. O time está crescendo, evoluindo, e a tendência é crescer ainda mais e diminuir nossos erros”, avaliou o ponteiro Filipe.

No próximo sábado, às 18h, o Montes Claros encara o Juiz de Fora Vôlei, no ginásio Tancredo Neves. Já no domingo, às 10h30min, o Sada/Cruzeiro jogará o clássico contra o Minas Tênis Clube, no Riacho, em Contagem.

Equipes:

Montes Claros: Índio, André Nascimento, Salsa, Rafael, Bob, Rena Purificação e Kachel (líbero)
entraram: Wagner, Rodrigo, Kadu, Juninho, Maicon e Gian
técnico: Marcelinho Ramos

Sada/Cruzeiro: William, Wallace, Leal, Filipe, Isac, Éder e Serginho (líbero)
entraram: Fernando e Alan
técnico: Marcelo Mendez

foto: Matheus Pereira/MCV

Nenhum comentário:

Postar um comentário