segunda-feira, 9 de novembro de 2015

(Superliga) Montes Claros derrota Funvic/Taubaté no tie-break

Com mais de três mil pessoas no ginásio Tancredo Neves, o Montes Claros derrotou a Funvic/Taubaté por 3 sets a 2, parciais de 23/25, 25/23, 20/25, 25/20 e 15/12, pela 1ª rodada da Superliga 2015/2016. Com o resultado, a equipe mineira inicia a competição com dois pontos, enquanto o time do Vale do Paraíba, considerado os dos favoritos ao título, soma apenas um ponto.

O duelo começou com as duas equipes forçando bastante o saque e se alternando na frente do placar. Com vários desfalques (Rapha, Otávio, Riad e Lipe), a Funvic/Taubaté apostava muito no ponteiro Lucarelli, principal nome da equipe e que ajudou os visitantes a vencerem o primeiro set por 23 a 25. A segunda parcial também foi bastante equilibrada, porém o Montes Claros, com o levantador Índio distribuindo bem as jogadas, foi quem venceu por 25 a 23.

Com 1 a 1 em sets era esperado que o jogo continuasse equilibrado, porém a Funvic/Taubaté voltou melhor para terceira parcial. O oposto Leozão, mesmo tendo sofrido uma pequena torção na decisão da Supercopa, foi bastante acionado e não decepcionou. Montes Claros até esboçou uma reação, mas no final, o time do Vale do Paraíba venceu por 20 a 25.

No quarto set, o Montes Claros teve na presença de três jogadores sua reação na partida. O central Salsa, o oposto André Nascimento e, principalmente, o ponteiro Kadu, que iniciou a parcial como titular, foram fundamentais para a virada. Os donos da casa conseguiram anular as principais jogadas da Funvic/Taubaté e deram o troco no placar: 25 a 20. No tie-break, muito equilíbrio, mas a força vinda das arquibancadas acabou fazendo a diferença para o Pequi Atômico ganhar por 15 a 12.

“Sabíamos que seria um jogo muito difícil e que teríamos que jogar a 120%. Conseguimos sair com uma vitória importante para nossa sequência na Superliga. O nosso time jogou muito bem e um grupo homogêneo pode fazer muita diferença, principalmente quando o campeonato é longo e é preciso contar com todos os jogadores”, disse o central Thiago Salsa.

“Foi um jogo disputado e de muita intensidade. Sabíamos que não ia ser fácil. Tivemos chances de fechar algumas vezes, mas não conseguimos aproveitar. O Montes Claros que cresceu na partida e venceu”, explicou o treinador Cezar Douglas.

Na próxima rodada, as duas equipes entram em quadra no dia 12, quinta-feira, às 20h. O Montes Claros encara o Sesi-SP, no ginásio da Vila Leopoldina, enquanto a Funvic/Taubaté enfrenta o Bento Vôlei/Isabela, no ginásio do Abaeté.

Equipes:

Montes Claros: Índio, André Nascimento, Bob, Renan Purificação, Rafael, Salsa e Kachel (líbero)
entraram: Rodrigo Ribeiro, Wagner, Juninho, Kadu e Maicon
Técnico: Marcelinho Ramos

Funvic/Taubaté: Pedro, Leozão, Lucarelli, Japa, Deivid, Ialisson e Felipe (líbero)
entraram: Pedro Jukoski, Diego e Ricardo Jr.
Técnico: Cezar Douglas

foto: Rafinha Oliveira/ Funvic Taubaté

Nenhum comentário:

Postar um comentário