sábado, 28 de novembro de 2015

(Superliga) Montes Claros aplica 3 a 0 no Juiz de Fora e se recupera

Jogando no ginásio Tancredo Neves, o Montes Claros venceu o Juiz de Fora Vôlei por 3 sets a 0, parciais de 25/19, 25/17 e 25/15, pela abertura da 6ª rodada da Superliga 2015/2016. Com o resultado, o Pequi Atômico alcançou dez pontos e assumiu a 3ª posição, pelo menos temporariamente. Já os comandados de Alessandro Fadul seguem com dois pontos ganhos ocupando a lanterna da competição.

O Montes Claros já entrou no primeiro set mostrando que não daria chances para o adversário e logo fez 8 a 5 na primeira parada técnica. Com boas atuações dos ponteiros Kadu e Bob, os donos da casa seguiram e vantagem mesmo com uma reação do Juiz de Fora: 16 a 15. Na reta final, com bom trabalho nos contra-ataques, o Pequi Atômico abriu vantagem: 21 a 17 e fechou com 25 a 19 após erros de Renato Hermely.

No segundo set, novamente os donos da casa começaram de forma arrasadora e colocaram 8 a 4 na primeira parada técnica. O Juiz de Fora conseguiu reagir, com algumas bolas rápidas de meio, porém não o suficiente para tomarem a ponta do placar: 16 a 14. A partir daí, Montes Claros cresceu na parcial e com Rodrigo Ribeiro distribuindo bem, o time abriu: 21 a 15 e fechou o placar no ataque de Bob em 25 a 17.

Como se fosse uma repetição, o terceiro set foi todo de Montes Claros. Na primeira parcial a vantagem era de 8 a 5 e na sequência, contando com vários erros de Juiz de Fora, os donos da casa colocaram incríveis 16 a 6 na segunda parada obrigatória. Com muita tranquilidade, o Pequi Atômico foi administrando o marcador até uma cravada do central Salsa, que fechou o duelo em 25 a 15.

 “Uma vitória muito importante, em um jogo consistente. Fizemos uma boa estratégia de saque, de minimizar os erros o máximo possível, acreditar no nosso volume, no nosso sistema defensivo. Isso acabou fazendo a diferença. O Juiz de Fora fez grandes jogos. Dois 3 as 2 contra equipes que, teoricamente, têm o orçamento maior, que provavelmente chegarão à frente deles na classificação. Então, era um jogo muito perigoso”, declarou o técnico Marcelinho Ramos.

No próximo sábado, às 18h, o Juiz de Fora Vôlei recebe a Funvic/Taubaté, no ginásio da UFJF. No mesmo dia e horário, o Montes Claros enfrenta o Copel Telecom/Maringá, no ginásio Chico Neto.

Equipes:

Montes Claros: Rodrigo Ribeiro, André Nascimento, Salsa, Rafael, Bob, Kadu e Kachel (líbero)
entraram: Índio, Juninho e Gian
técnico: Marcelinho Ramos

Juiz de Fora Vôlei: Maurício, Leandrão, Diego Almeida, Ninão, Renato Hermely, Mark e Fabio Paes (libero)
entraram: Felipe Hernandez, Ricardo Faccin, Djalma e Tatinho
técnico: Alessandro Fadul

foto: Cid Bruno/MCV

Nenhum comentário:

Postar um comentário