domingo, 29 de novembro de 2015

(Superliga) Leal joga demais e Sada/Cruzeiro vence Minas Tênis Clube

Em jogo válido pela 6ª rodada da Superliga 2015/2016, o Sada/Cruzeiro venceu o Minas Tênis Clube, no ginásio do Riacho, em Contagem. Com o resultado, a equipe do técnico Marcelo Mendez, que teve como destaque o ponteiro Leal, chegou aos 15 pontos e permanece na vice-liderança, enquanto o time de Belo Horizonte parou nos sete pontos e caiu para o 10º lugar.

Os donos da casa começaram inconstantes no saque e deixaram o Minas abrir 3 a 6 no primeiro set. Os visitantes mantiveram a constância e chegaram a 9 a 12 com ataque rápido do central Flávio. O ponteiro Filipe foi para o saque e encaixou boa sequência e ajudou o Sada Cruzeiro a empatar o jogo, 12 a 12. Com dois bloqueios seguidos de Bruno Canuto sobre Wallace, o Minas reabriu vantagem na segunda parada técnica, 13 a 16. O Cruzeiro reagiu e conseguiu a virada no contra-ataque do cubano Leal, 19 a 18. Os visitantes se desestabilizaram na reta final e os cruzeirenses abriram distância e fecharam a parcial com Éder pelo meio, 25 a 21.

O segundo set também teve início bastante equilibrado. As duas equipes mantiveram uma virada de bola regular e o Minas Tênis chegou com a vantagem mínima na parada técnica com um ponto de saque de Bruno Canuto, 7 a 8. Contando com a eficiência do cubano Leal e a potência do oposto Wallace os donos da casa reassumiram a liderança, 16 a 15. O Minas conseguiu a virada com o ace do oposto Escobar, 17 a 18. Assim como na parcial anterior, o time do Cruzeiro reassumiu a liderança no fim do set e administrou. Com ataque na diagonal curta pela saída, o oposto Alan fechou em 25 a 22.

O Minas começou a terceira parcial precisando da vitória para manter-se vivo no jogo e abriu pequena vantagem e estava à frente no tempo técnico, 7 a 8. O time cruzeirense recuperou o placar e com boa apresentação de Leal, abriu diferença de três pontos, no erro de saque do Bruno Canuto os donos da casa fizeram 16 a 13. A partir daí os visitantes se perderam em quadra e deixaram que os cruzeirenses abrissem ainda mais vantagem. Com um ace de Filipe, 20 a 16. O jogo terminou com ataque do Cruzeiro, 25 a 17 no terceiro set.

“Acho que foi um boa partida hoje. A gente estava mesmo precisando de uma atuação assim, com esse ritmo forte, para soltar o cansaço do Mundial. Acho que a gente foi muito bem, temos que seguir nesse caminho, ir melhorando a cada dia o nosso jogo para chegar muito bem no final da Superliga”, avaliou o ponteiro Leal.

“Quero destacar o nosso conjunto hoje, foi um trabalho de todos. Fizemos uma partida muito boa em que todo mundo trabalhou bem. E temos que jogar assim, colocando o nosso máximo, para que o resultado dê certo. É normal uma queda de rendimento no começo da Superliga, depois de tudo o que disputamos. Este é um grupo fantástico, que segue crescendo”, disse o técnico Marcelo Mendez.

No próximo sábado, às 19h, o Sada/Cruzeiro recebe o São José dos Campos, novamente no ginásio do Riacho, em Contagem. No mesmo dia, às 18h, o Minas Tênis Clube vai ao Rio Grande do Sul para enfrentar o Lebes/Gedore/Canoas (RS), no ginásio La Salle.

Equipes:

Sada/Cruzeiro: William, Wallace, Leal, Filipe, Isac, Éder e Serginho (líbero)
entraram: Cachopa, Alan e Éder Levi
técnico: Marcelo Mendez

Minas Tênis Clube: Everaldo, Escobar, Flávio, Pétrus, Bruno Canuto, Raidel e Maique (líbero)
entraram: Thiago Vanole, Carísio e Madaloz
técnico: Nery Tambeiro

foto: Renato Araújo/Sada/Cruzeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário