sexta-feira, 13 de novembro de 2015

(Superliga) Juiz de Fora e Lebes/Gedore/Canoas jogam por primeira vitória

A abertura da 3ª rodada da Superliga 2015/2016 coloca frente à frente Juiz de Fora Vôlei e Lebes/Gedore/Canoas, neste sábado, às 18h, no ginásio da UFJF. As duas equipes chegam para o confronto sem terem vencido nenhum dos seus jogos anteriores, sendo que os mineiros perderam para Voleisul/Paquetá Esportes e Copel Telecom/Maringá, enquanto os gaúchos foram derrotados para Sesi-SP e Sada/Cruzeiro.

Depois de estrear fora de casa e perder para Novo Hamburgo sem ter mostrado um bom voleibol, o Juiz de Fora Vôlei fez uma partida bastante disputada contra a Copel Telecom/Maringá, em seus domínios, porém acabou perdendo no tie-break. O técnico Alessandro Fadul acredita que o time vai crescer ao longo da competição, ainda mais que jogadores como o ponteiro Djalma e o levantador Maurício chegaram há pouco tempo.

"Eles oscilaram muito nas duas primeiras partidas, o que não significa que farão um jogo ruim contra a gente. Pelo contrário, será uma batalha dura. Esperamos repetir o espírito de quinta-feira, acreditando em todos os lances e contando com a força do torcedor, para que possamos conquistar a vitória", afirmou o treinador Alessandro Fadul.

“A gente fica um pouco machucado por ter perdido o jogo por dois pontos, mas precisamos ter sangue frio. É um grupo novo, que está trabalhando há pouquíssimo tempo junto. Mas já estamos nos sentindo mais à vontade em relação à estreia. A nossa hora vai chegar, estamos no caminho certo”, declarou o ponteiro Mark Plotyczer.

Com derrotas para duas equipes consideradas favoritas ao título, o Lebes/Gedore/Canoas encara o duelo desta terceira rodada como de recuperação. Ainda sem o técnico Marcelo Fronckowiak a beira da quadra (esse será o último jogo da suspensão imposta pela CBV), o time será comandado por Alegrete, que viu evolução da equipe de uma partida para outra. Além disso, os gaúchos terão a seu favor os ‘espiões’ Tarcísio, Victor Hugo e Batagim, que atuaram em Juiz de Fora na temporada passsada.

“Com a saída do Manius, a equipe de Juiz de Fora perdeu um pouco em experiência e na qualidade do passe. Era uma atleta que passava tranquilidade para os jovens. Mas acredito que eles irão compensar a juventude com o ímpeto que demonstraram contra Maringá, e precisamos estar atentos para não acelerar a partida e conduzi-la com calma”, declarou o central Victor Hugo.

Equipes:

Juiz de Fora Vôlei: Maurício, Leandrão, Diego Almeida, Ninão, Renato Hermely, Djalma e Fabio Paes (libero)
Técnico: Alessandro Fadul

Lebes/Gedore/Canoas: Sandro, Dennis, Victor Hugo, Matheus, Alê, Leo Caldeira e Jeffe (líbero)
Técnico: Alegrete

foto: Alexandre Arruda/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário