domingo, 29 de novembro de 2015

(Superliga) Com Rapha esbanjando talento, Funvic/Taubaté supera Sesi-SP

Jogando no ginásio Abaeté lotado, a Funvic/Taubaté venceu o Sesi-SP por 3 sets a 0, parciais de 25/21, 25/23 e 25/22, pela 6ª rodada da Superliga 2015/2016. Com o resultado, o time do Vale do Paraíba, que teve uma grande atuação do levantador Rapha, chegou aos 15 pontos e se isolou na liderança da competição. Já a equipe paulistana parou nos 10 pontos e caiu para o 5º lugar da tabela.

A partida começou equilibrada, com as equipes empatando em 2 a 2. Logo depois, o Funvic/Taubaté abriu dois de diferença em 6 a 4. O Sesi-SP buscou e, com Gustavão, chegou ao ponto de empate: 10 a 10. O placar seguiu igual em 14 a 14 e com Otávio, o time da casa assumiu o comando do marcador. No erro do adversário, o Funvic/Taubaté fez 19 a 17 e Marcos Pacheco pediu tempo. A vantagem aumentou depois de bonito contra-ataque de Léozão: 22 a 19. A equipe de Taubaté, então, seguiu na frente e fechou em 25 a 21.

O segundo set também começou bem disputado, mas o Funvic/Taubaté logo abriu vantagem e, em boa passagem de Otávio pelo saque, fez 8 a 5. A equipe da casa se manteve no comando do marcador (10 a 8) e, depois, em 13 a 10. Quando o Sesi-SP encostou em 16 a 15, o técnico Cezar Douglas pediu tempo. No ace de Lucarelli, o Funvic/Taubaté chegou a 18 a 15. Com dois bloqueios seguidos de Otávio, o time da casa fez 22 a 17. O Sesi-SP reagiu e encostou no placar em 23 a 22. O Funvic/Taubaté pediu tempo. O final do set seguiu com equilíbrio e o time da casa venceu por 25 a 23.

A Funvic/Taubaté saiu na frente no terceiro set e fez 2 a 0. No ace de Douglas, o Sesi-SP deixou tudo igual em 2 a 2. O equilíbrio permaneceu em 4 a 4, mas os donos da casa abriram pequena vantagem em 6 a 4. O Sesi-SP voltou a encostar em 11 a 10 e, no bloqueio de Deivid, o time de Taubaté voltou a colocar diferença: 13 a 10. O Funvic seguiu melhor, administrou a vantagem e, no bloqueio de Deivid, chegou a 19 a 16. O Sesi-SP mais uma vez reagiu e encostou em 19 a 18. E aí foi a vez do Funvic/Taubaté voltar a pontuar. No ace de Lucarelli, 21 a 18. A reta final do set foi melhor para o time da casa, que fechou em 25 a 22. 

“Na verdade, o 3 sets a 0 não reflete muito bem o que foi o jogo. Houve um equilíbrio muito grande e a intensidade de um 3 a 2. Conseguimos imprimir um ritmo forte em bloqueio e saque e isso fez a diferença”, explicou Raphael, que foi eleito o melhor em quadra.

“Hoje, defensivamente, nós nos colocamos bem, mas não soubemos aproveitar as melhores oportunidades para definir os contra-ataques. No jogo como um todo não fez a diferença porque a virada de bola estava saindo. O ritmo do jogo foi a nossa linha de passe, a boa distribuição do Rapha e a definição do ataque. Com isso, o time se sentiu confiante e determinado para ir em um ritmo só do início ao fim”, disse o técnico Cezar Douglas.

“Hoje a vantagem foi deles dentro de casa, imprimiram um ritmo muito forte, principalmente no ataque deles e a gente não conseguiu em momento algum se adaptar a isso. Mas está no início ainda, tem muita coisa para acontecer e vamos já com cabeça para Bento Gonçalves”, comentou o ponteiro Murilo, em entrevista ao Sportv.

No próximo sábado, às 18h, a Funvic/Taubaté encara o Juiz de Fora, no ginásio da UFJF. No mesmo dia, às 20h, o Sesi-SP irá ao Sul do país enfrentar o Bento Vôlei/Isabela, no ginásio municipal de Bento Gonçalves.

Equipes:

Funvic/Taubaté: Rapha, Leozão, Lucarelli, Japa, Deivid,Otávio e Felipe (líbero)
entraram: Diego, Ricardo Jr., Pedro e Ialisson
técnico: Cezar Douglas

Sesi-SP: Thiaguinho, Theo, Gustavão, Leandro Aracaju, Thiago Alves, Douglas Souza e Serginho (líbero)
entraram: Rafael Araújo, Vinhedo e Johan
técnico: Marcos Pacheco

foto: Alexandre Arruda/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário