domingo, 15 de novembro de 2015

(Superliga) Com Dennis inspirado, Lebes/Gedore/Canoas vence Juiz de Fora

Na abertura da 3ª rodada da Superliga 2015/2016, o Lebes/Gedore/Canoas venceu o Juiz de Fora Vôlei por 3 sets a 1, parciais de 13/25, 25/21, 25/19 e 25/19, no ginásio da UFJF. Com o resultado, a equipe gaúcha alcança a 8ª posição, com três pontos, enquanto o time mineiro, que ainda não venceu na competição, aparece no 11º lugar, com um ponto ganho. 

O Lebes/Gedore/Canoas iniciou melhor na partida e com muita agressividade chegou a primeira parada técnica na frente: 8 a 4. Com o oposto Dennis inspirado (o cubano fez 23 pontos na partida), o time gaúcho continuou em forte ritmo e fez 16 a 9 na segunda parada obrigatória. O Juiz de Fora Vôlei errava muito e bastante apático em quadra acabou perdendo o primeiro set por 25 a 13. 

No segundo set, os donos da casa resolveram entrar no jogo e com bom trabalho no saque abriram 8 a 7 na primeira parada técnica. Com o ponteiro Mark em quadra, o Juiz de Fora Vôlei conseguia sair do bloqueio adversário, tanto que fez 16 a 13 no segundo tempo obrigatório. No final, o Lebes/Gedore/Canoas até buscou uma reação, mas não o suficiente para evitar a vitória de 25 a 21 dos mineiros. 

Embalado pela conquista da parcial anterior, o Juiz de Fora Vôlei começou forte o terceiro set e abriu novamente 8 a 4 no placar. O oposto Leandrão e o ponteiro Renato Hermely eram destaques da equipe da casa, porém a entrada de Bosko para melhor o passe fez o Lebes/Gedore/Canoas crescer na partida. Após passagem de Sandro no saque e contra-ataque de Dennis, os visitantes viraram o jogo: 16 a 15 e com domínio das ações, os gaúchos fecharam em 25 a 19. 

No início do quarto set, as equipes disputavam ponto a ponto, sendo que os visitantes tinha uma pequena vantagem na primeira parada técnica: 8 a 7. Com o bloqueio adversário tendo dificuldades para segurar Dennis, o Lebes/Gedore/Canoas abriu 16 a 12, sendo que o levantador Sandro também utilizava bastante o central Victor Hugo, que ajudou o time gaúcho a fazer 21 a 16. No final, muita tranquilidade e a vitória da equipe do Rio Grande do Sul por 25 a 19. 

“É sempre especial jogar aqui, após três temporadas nesta cidade. Espero que possamos evoluir com os erros dos dois primeiros jogos e usar esta partida para crescer na Superliga”, afirmou o central Victor Hugo. 

“Temos questões táticas e técnicas para corrigir, mas o Alegrete foi muito bem na condução do time nessas partidas. Espero voltar na próxima rodada e ajudar de perto a equipe - complementa o técnico Marcelo Fronckowiak, que cumpriu as três partidas de punição. 

“Fizemos um primeiro set muito ruim, mas no restante da partida melhoramos. Estivemos bastante próximos de vencer, como no último jogo. O nosso time está em formação, temos um certo atraso em relação aos outros. Alguns jogadores, como eu, chegaram há algumas semanas. A questão do entrosamento ainda está pesando, mas ainda vamos evoluir muito na Superliga”, declarou o levantador Maurício. 

“Começamos muito apáticos e fizemos um primeiro set para esquecer. Depois equilibramos as ações e chegamos ao empate. No terceiro set, o jogo estava desenhado a nosso favor, mas acabamos sofrendo seis pontos em sequência. Deixamos escapar por falhas nossas. Seguimos em evolução. Precisamos continuar crescendo para pontuar, para chegar às vitórias. É manter a cabeça no lugar e trabalhar, porque temos mais um confronto difícil na sexta-feira”, disse o treinador Alessandro Fadul. 

Na próxima sexta-feira, às 20h, o Juiz de Fora Vôlei encara o Bento Vôlei/Isabela, no ginásio municipal de Bento Gonçalves. Já no domingo, às 14h o Lebes/Gedore/Canoas recebe o Brasil Kirin, no ginásio La Salle. 

Equipes:

Juiz de Fora Vôlei: Maurício, Leandrão, Diego Almeida, Ninão, Renato Hermely, Djalma e Fabio Paes (libero)
entraram: Felipe Hernandez, Tarik, Ricardo Faccin, Mark Plotyczer, Igor e Tatinho
Técnico: Alessandro Fadul

Lebes/Gedore/Canoas:
Sandro, Dennis, Victor Hugo, Matheus, Alê, Leo Caldeira e Jeffe (líbero)
entraram: Wanderson, Evandro, Bozko, Batagim e Palotti
Técnico: Alegrete

foto: JF Vôlei/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário