sexta-feira, 6 de novembro de 2015

Raio-X da Superliga 2015/2016: Minas Tênis Clube

Mesmo após perder o patrocinador máster, o Minas Tênis Clube acabou fazendo uma grande campanha na Superliga passada terminando na quarta posição. O grande responsável por esse feito foi o técnico Nery Tambeiro que acabou permanecendo no clube para essa temporada. Além dele, o cubano Escobar e o ponteiro Bruno Canuto, que se destacaram na competição, também seguem no time de Belo Horizonte.

“Estamos com um grupo que vai para o segundo ano aqui conosco, que foi a base da Superliga passada, que tentamos manter para esse ano. Neste grupo estão o Canuto, Everaldo, Flávio, Thiago, entre outros. Perdemos alguns jogadores experientes, mas estamos apostando em atletas jovens, da base do Minas, que vão completar o nosso time. Sabemos que não vai ser fácil, mas vamos tentar surpreender, assim como fizemos na temporada passada”, declarou Nery Tambeiro.

Ao que tudo indica, a ideia do Minas Tênis Clube é segurar uma base por muitos anos como fez o Sada/Cruzeiro e acabou dando certo. Para essa temporada, a grande perda foi o central Otávio, que foi para a Funvic/Taubaté, porém chegou o ponteiro cubano Raidel, com a missão de tirar toda a pressão da bola de segurança do seu compatriota Escobar.

“Estamos com um time ainda mais jovem do que no ano passado, mas todos muito motivados e com energia de sobra para defender o Minas. Chegou mais um cubano, o Raidel, que ainda está em fase de adaptação, mas que tem tudo para entrosar ao longo da Superliga. Conseguimos manter uma base que jogou a temporada passada como titular e isso é importante. A nossa ideia é trabalhar cada vez mais para buscar uma evolução deste grupo”, disse o levantador Everaldo.

Elenco:

Levantadores: Everaldo e Carísio
Opostos: Escobar, Madaloz e Léo
Ponteiros: Bruno Canuto, Raidel, Thiago Vanole, Willian
Centrais: Nicolas, Flávio, Pétrus
Líberos: Lucianinho

Análise do time

Ponto forte: Um cubano que solta o braço (Escobar) e um levantador experiente (Everaldo) foram uma dupla perigosa para as defesas

Ponto franco: A surpresa já passou e os adversários já conhecem o estilo de jogo do Minas Tênis Clube

Destaque do time: Bruno Canuto chegou ao clube após boa temporada no Volta Redonda e hoje é uma referência no passe e no ataque

Olho nele: O central Flávio já tinha feito uma boa Superliga, mas tinha a sobra de Otávio. Agora é a vez de ser o cara da posição na equipe

Aposta Espaço do Vôlei: Nery Tambeiro tem o time na mão e se Raidel tiver um desempenho parecido com Escobar, uma semifinal é possível.

foto: Alexandre Arruda/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário