segunda-feira, 26 de outubro de 2015

(Paulista) Sesi-SP vence São José dos Campos no tie-break e no golden set

Valendo vaga na decisão do Campeonato Paulista – Divisão Especial, o Sesi-SP recebeu o São José dos Campos, no ginásio da Vila Leopoldina, precisando vencer o jogo normal e depois decidir a classificação no golden Set. No ‘tempo normal’, o donos da casa vencerem por 3 sets 2 , parciais de 25/13, 20/25, 22/25, 25/21 e 15/12, enquanto no set desempate, a vitória do time paulistano foi por 25 a 18, o classificando para a final do Estadual.

O Sesi-SP começou bem a partida. Atentos em todas as ações do jogo e atacando forte a equipe da casa saiu na frente abrindo 2 a 0 e após uma sequência de 3 saques de Douglas Souza, chegou com tranquilidade ao primeiro tempo técnico do jogo: 8 a 3. Atacando do fundo, explorando bem o bloqueio e acertando um ace, o ponteiro, forte no jogo, contribuiu muito para a abertura de seis pontos de vantagem: 10 a 4. Com todos os atacantes bem posicionados e atendendo bem aos comandos do levantador Thiaguinho, logo o time garantiu mais um tempo técnico: 16 a 8 e com Sidão em quadra, chegaram a primeira parcial do jogo com 25 a 13.

Diferente do começo da partida, o segundo set marcou o equilíbrio entre as equipes. Mais ligados no jogo, o São José abriu a parcial com 3 a 0, mas logo a equipe da casa recuperou os pontos perdidos e com ace de Thiaguinho igualou o marcador: 4 a 4. Ponto a ponto disputado criteriosamente as equipes seguiram empatadas até Lorena acertar uma bomba, sem chances de defesa para Murilo e abrir dois pontos de vantagem no primeiro tempo técnico do set: 6 a 8. Cometendo alguns erros que não eram vistos no começo do jogo, o time da Vila abriu margem para o adversário crescer e foi o que aconteceu. Abrindo seis pontos de vantagem o São José passou a dominar o jogo e mesmo com uma recuperação do Sesi-SP, foi a equipe do Vale do Paraíba que fechou a segunda parcial por 20 a 25.

No terceiro set, o Sesi-SP recuperou o bom momento vivido no início jogo e de cara abriu 3 a 0 com Douglas Souza tomando conta da quadra. Rodando bem as bolas, o time da capital paulista segurou bem o São José até o segundo tempo técnico: 16 a 14, quando Lorena e companhia mais uma vez aproveitou bem os deslizes do Sesi-SP e arrancou um empate em 17 a 17. Na sequência, após um pedido de tempo do técnico Marcos Pacheco, para acalmar a partida, os meninos até responderam bem, mas não conseguiram tirar a diferença de três pontos e ficaram atrás no placar com 22 a 25.

Decisivo para o Sesi-SP, o quarto set era fundamental para a permanência da equipe na disputa do resultado. Igualados no marcador desde o início foi um ataque forte de Aracaju pelo meio de rede que deixou os donos da casa na frente no primeiro tempo técnico: 8 a 7. Respondendo muito bem às necessidades que a partida impunha, os comandados de Pacheco conseguiram abrir a vantagem de dois pontos na segunda parada: 16 a 14 e manter viva a esperança de classificação. Com sequência de quatro bons saques, sendo um deles ace, o levantador Vinhedo, que entrou após a inversão do 5-1 e permaneceu, foi uma das peças importantes na conquista por 25 a 21.

O tie-break foi conquistado no sufoco. Começando empatado com o São José em 5 a 5, o Sesi-SP não podia vacilar. Com três pontos atrás na parada técnica e troca de lados do set: 5 a 8, Serginho começou a gritar e pedir o apoio da torcida, o que surtiu efeito. Empatando o set em 11 a 11 a torcida foi ao delírio e os meninos, crescendo com o apoio fecharam o set em 15 a 12. 

No Golden Set a troca de liderança foi constante. O Sesi-SP saiu na frente abrindo 2 a 0, na sequência foi a vez do São José empatar e assumir a primeira parada técnica: 7 a 8. Vibrando muito, Serginho e Murilo foram um dos protagonistas do set com o apoio do público presente. Ponto a ponto comemorado de pé, o time da Vila Leopoldina foi superior e com 25 a 18 segue para a final da competição.

“O primeiro jogo foi bem atípico, mas agora fizemos uma semana de treinos bem pesada, bem focada e estudamos muito para chegar aqui hoje e aproveitar a oportunidade. Para mim é incrível essa classificação, é a minha segunda final consecutiva do Paulista aqui, acho que agora é entrar com tudo. Quem entrar bem, tiver mais garra, tiver treinado melhor que vai levar o título”, comentou o ponteiro Douglas Souza.

Equipes:

Sesi-SP: Theo, Aracaju, Murilo, Thiaguinho, Douglas Souza, Gustavão e Serginho (líbero)
entraram: Sidão, Rafael Araujo e Vinhedo
Técnico: Marcos Pacheco

São José dos Campos: Rodriguinho, Lorena, Brunão, Junior, Diogo, Hugo, Mário Jr. (líbero)
entraram: Alemão e Lucas Salim
Técnico: Leonardo Carvalho

foto: Helcio Nagamine/Divulgação Fiesp/Sesi-SP

Nenhum comentário:

Postar um comentário