terça-feira, 20 de outubro de 2015

(Paulista) São José dos Campos derrota Sesi-SP no tie-break e abre 1 a 0

Em jogo emocionante, o São José dos Campos derrotou o Sesi-SP, de virada, por 3 sets a 2, parciais de 16/25, 25/16, 22/25, 25/23 e 15/9, no ginásio do Tênis Clube, e abriu 1 a 0 na semifinal do Campeonato Paulista – Divisão Especial. Com esse resultado, o time do Vale o Paraíba joga por uma vitória no próximo sábado, às 10h30min, no ginásio da Vila Leopoldina. Já a equipe paulistana precisa vencer no duelo para forçar um golden set.

O primeiro set começou com o Sesi-SP abrindo 3 a 0 com dois pontos de bloqueio de Aracaju. Muito bem na partida, o central ainda acertou uma boa sequência de três saques bem colocados e garantiu aos visitantes a vantagem de 8 a 3 na primeira parada técnica. Aproveitando os erros de São José dos Campos, o time paulistano abriu sete pontos de vantagem no segundo obrigatório: 16 a 9. Entrando muito bem após a inversão do 5-1, Vinhedo e Rafael Araujo mantiveram o ritmo e garantiram a primeira parcial com 25 a 16.

Diferente do início da partida, o segundo set começou bem equilibrado: 3 a 3, sem nenhuma das equipes conseguirem abrir grande vantagem no marcador. Crescendo no jogo, o São José dos Campos passou a atacar forte e fez 8 a 6. Após recuperar a desvantagem e empatar o jogo em 9 a 9, o time de Marcos Pacheco voltou a errar e os donos da casa fizeram 12 a 9. Sofrendo com o saque forte e bem colocado do time do Vale do Paraíba, a equipe da capital não conseguiu reagir, sendo que Lorena e companhia devolveram o placar de 25 a 16.

O terceiro set manteve o equilíbrio do início da parcial anterior, mas desta vez foi o Sesi-SP que se saiu melhor: 8 a 6. Com Aracaju reaparecendo no jogo e Theo atacando forte, o time da capital paulista abriu três pontos de vantagem e chegou na frente ao segundo tempo técnico: 16 a 13. Cheio de rallys, a partida seguiu quente e apertada. Enquanto o São José dos Campos crescia no saque, os visitantes investiam em bons bloqueios com Aracaju e Gustavão e obtendo sucesso, saíram com a vitória em 25 a 22.

Assim como no começo do jogo, os visitantes abriram 3 a 0 logo de cara. Entrosados com boas defesas, o Sesi-SP não teve dificuldades para abrir quatro pontos de vantagem e garantir o primeiro tempo técnico: 8 a 4. Na volta, o São José dos Campos voltou a crescer e alcançou o empate em 8 a 8. Ponto a ponto disputado à risca, um ataque mais forte dos donos da casa garantiu o segundo tempo técnico para equipe do Vale do Paraíba: 16 a 15. Ficando atrás após dois pontos seguidos, Marcos Pacheco tentou esfriar o jogo e viu seu time empatar em 21 a 21, porém na reta final, com grande atuação de Lorena, o São José dos Campos venceu por 25 a 23.

No tie-break, o São José dos Campos manteve a força obtida no último set e iniciou o período decisivo abrindo uma vantagem de cinco pontos: 8 a 3, com destaque para o central Júnior que estava impossível no bloqueio. O Sesi-SP chegou a esbocçar uma reação, diminuindo a diferença para 11 a 8, mas os donos da casa, empurrados pela torcida, fecharam em 15 a 9. 

“A vitória foi um passo importante mas não tem nada definido, continuamos sonhando com a vaga. A equipe do Sesi é muito forte, com jogadores de altíssimo nível, não podemos deixar a euforia tirar nosso foco que é continuar trabalhando forte, reparando erros, para quem sabe jogar a final”, declarou o técnico Leonardo Carvalho.

“Com essa torcida, com essa atitude de hoje, não posso prometer que vamos ganhar todos, mas o adversário vai ter dificuldade de ganhar aqui, nós vamos transformar o Tênis Clube em um grande caldeirão”, disse o oposto Lorena.

Equipes:

São José dos Campos: Rodriguinho, Lorena, Diogo, Hugo, Alberto, Brunão e Mário Jr. (líbero)
entraram: Lucas Salim, Everton e Alemão
Técnico: Leonardo Carvalho

Sesi-SP: Theo, Aracaju, Murilo, Thiaguinho, Douglas Souza, Gustavão e Serginho (líbero)
entraram: Vinhedo, Rafael Araujo, Fábio Capalbo e Sidão
Técnico: Marcos Pacheco

foto: Tião Martins | PMSJC

Nenhum comentário:

Postar um comentário