domingo, 4 de outubro de 2015

(Mineiro) De virada, Sada/Cruzeiro derrota Montes Claros no tie-break

Em mais uma rodada do Campeonato Mineiro, o Sada/Cruzeiro venceu o Montes Claros, de virada, por 3 sets a 2, parciais de 21/25, 25/15, 26/16, 20/25 e 15/12, no ginásio Tancredo Neves. Com o resultado, o time celeste chegou a 18 pontos e passou o Minas Tênis Clube, que tem 16 pontos, enquanto o Pequi Atômico fecha a fase classificatória no terceiro lugar, com 15 pontos ganhos.

O jogo começou equilibrado, com o Sada/Cruzeiro chegando a primeira parada técnica vencendo por 8 a 7. Montes Claros reagiu e conseguiu abrir vantagem no segundo tempo obrigatório: 13 a 16. Contando com o apoio da torcida, o Pequi Atômico foi administrando a vantagem e fechou em 21 a 25. No segundo set, os visitantes foram pra cima e abriram 8 a 3 logo de cara. Com grande volume de jogo, o time celeste não tirou o pé e fez 16 a 8, sendo que no final aplicou 25 a 15.

No terceiro set, o Sada/Cruzeiro manteve o ritmo e foi para a primeira parada técnica na frente: 8 a 5. Com uma boa sequência no saque, os comandados de Marcelo Mendez fizeram 16 a 8, com destaque para o ponteiro Leal. No final, com grande tranquilidade, os visitantes fecharam em 25 a 16, virando assim o jogo para 2 a 1. No quarto set, o Montes Claros se reencontrou e chegou na frente nas duas paradas técnicas: 4 a 8 e 14 a 16. No final, com excelente saque do sérvio Milan Celic, os donos da casa venceram por 20 a 25.

Quando se esperava muito equilíbrio no tie-break, o Sada/Cruzeiro mostrou, mesmo com alguns desfalques como o oposto Wallace, porque é uma das melhores equipes do Brasil. Na virada de quadra, após ponto de Filipe, os visitantes ganhavam por 8 a 5, e após ace de Éder o placar já marcava: 12 a 8. No final, uma vitória importante por 15 a 12.

“Acho que a nossa equipe está oscilando demais, foi assim no último jogo e hoje de novo. Temos que por um fim nesses altos e baixos para apresentar o nível de jogo que queremos do início ao fim. Estamos em um momento diferente, mesclando a experiência do grupo com o trabalho dessa garotada, e é difícil assumir toda essa responsabilidade em um time vencedor como o nosso. Temos um plantel muito bom, que todos podem entrar e jogar, e vamos trabalhar forte para tentar atingir nosso melhor voleibol nessa fase final do Mineiro”, disse o levantador William.

“Foi um grande jogo. Os dois times jogaram bem e deram tudo em quadra, fazendo uma partida muito boa para este Campeonato Mineiro. O Montes Claros deu muito trabalho, atuando bem no bloqueio e na defesa, e só conseguimos decidir o jogo no tie-break. Agora temos outro clássico contra o Minas que vai determinar a classificação final. Vamos trabalhar para vencer e garantir as finais em casa”, avaliou o treinador Marcelo Mendez.

A última partida da primeira fase do Estadual é no dia 13, às 20h, quando o Sada/Cruzeiro recebe o Minas Tênis Clube, no ginásio do Riacho, em Contagem. O clássico vale o topo da tabela e a vantagem de sediar a fase final do Campeonato Mineiro.

Equipes:

Sada/Cruzeiro
: William, Alan, Filipe, Leal, Éder, Éder Levi e Serginho (líbero)
entraram: Fernando Cachopa, Leozinho, Rodriguinho e Pedrão
Técnico: Marcelo Mendez

Montes Claros: Rodrigo, André Nascimento, Bob, Renan, Rafael, Milan Celic e Kachel (líbero)
entraram: Gianzinho, Wagner, Juninho e Maycon
Técnico: Marcelinho Ramos

foto: Fredson Souza/ Montes Claros Vôlei

Nenhum comentário:

Postar um comentário