quarta-feira, 9 de setembro de 2015

(Mineiro) Sada/Cruzeiro estreia contra Unincor/Três Corações no Pelezão

Em busca do quinto título consecutivo do Campeonato Mineiro, o Sada/Cruzeiro estreia na edição 2015 nesta quarta-feira, às 19h30min, diante do Unincor/Três Corações, no ginásio Pelezão. Mesmo com vários desfalques, seja por lesão ou por estarem servindo suas seleções, o técnico Marcelo Mendez espera iniciar bem a competição. Já a equipe de Toninho Rezende tenta fazer valer o fator casa.

Campeão por seis oportunidades, sendo uma ainda com o nome de Sada/Betim, a equipe celeste detém a hegemonia do Estadual e hoje é considerado o time a ser batido no país, pois é o atual campeão da Superliga. Apesar do retrospecto, o técnico Marcelo Mendez faz questão de deixar de lado qualquer favoritismo, ainda mais sem William, Wallace, Isac, Éder e Winters.

“Nunca pensamos assim. Buscamos a vitória, queremos ser campeões. Mas o fundamental é entrar em quadra com muita vontade e determinação, sempre fazendo o nosso melhor. Esse é o nosso pensamento. Este ano teremos um torneio disputado e as outras equipes também querem mostrar serviço”, disse o técnico Marcelo Mendez, que tem à disposição um elenco misto, com jogadores adultos, atletas recém-chegados da seleção Sub-23, juvenis e infanto.

“Essa oportunidade de jogar o campeonato ao lado de caras como Filipe, Leal e Serginho é muito legal. Nós sempre treinamos juntos, mas jogo é diferente. É uma grande chance para mim e também para os outros mais novos. Temos que mostrar trabalho para retribuir a confiança do Marcelo. Vamos com tudo em busca dessas duas vitórias”, disse o central Éder Levi, um dos destaques do clube na conquista da Superliga B.

“É bacana porque estamos agregando os jogadores mais novos, que estão treinando com o grupo e também vão jogar o campeonato. Isso é muito importante para o desenvolvimento deles. Tivemos um início de temporada atípico, com atletas em todas as categorias da seleção brasileira, além da adulta. E nós, que estamos no clube, temos que correr atrás para estarmos no mesmo nível. A programação da nossa comissão técnica, considerando tudo isso, é muito bem feita”, comentou o líbero Serginho.

Pelo lado do Unincor/Três Corações a possibilidade de jogar duas vezes com o Sada/Cruzeiro no Pelezão é bastante comemorada (os dois clubes se enfrentam também na quinta-feira, às 19h30min). Com uma vitória no tie-break sobre a UFJF e duas derrotas para Minas Tênis Clube e Montes Claros, o técnico Toninho Rezende quer ver seu time jogando solto e tendo paciência para vir a bola diante de um forte adversário.

foto: Renato Araújo/Sada/Cruzeiro/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário