sábado, 19 de setembro de 2015

(Mineiro) Montes Claros supera Minas Tênis Clube e reassume a ponta

Dois dias após perder a invencibilidade, o Montes Claros devolveu o placar e retomou a liderança do Campeonato Mineiro contra o próprio Minas Tênis Clube. O Pequi Atômico venceu o clube de Belo Horizonte por 3 sets a 1, parciais de 25/23, 18/25, 27/25 e 25/20, no ginásio Tancredo Neves, resultado que recolou o time na liderança da competição, com onze pontos.

O Pequi Atômico começou esta segunda partida contra o Minas Tênis Clube como na primeira: preciso nas jogadas. Sem grandes erros, o time, apesar do placar apertado, ditou o caminho do jogo, dominando o time de BH, explorando os erros do adversário, que tentava forçar saque. Mesmo com uma parcial bem equilibrada, os donos da casa, com um passe melhor, venceram por 25 a 23.

O Minas Tênis Clube corrigiu a postura na segunda etapa. Os visitantes voltaram dispostos a recuperar o placar e viram o Montes Claros reclamar muito de erros de arbitragem. Com mais qualidade no ataque, o time de Belo Horizonte acabou abrindo vantagem e aproveitando a falta de foco da equipe da casa para vencer por 18 a 25.

Na terceira etapa o Montes Claros parecia que iria ceder à pressão do adversário. Muitos erros de saque do Pequi Atômico no começo do set, mas aos poucos o time foi se encontrando em quadra e construindo o placar mais equilibrado de toda a partida. Em bons duelos ponto a ponto, os comandados de Marcelinho Ramos venceram por 27 a 25.

O ânimo aumentou no último set. O Montes Claros já saiu à frente no placar e dominou toda a etapa sem dar chances ao adversário, que não encontrava mais brechas na equipe da casa para construir seus pontos. Sem se comprometer, o Pequi Atômico foi garantindo seus pontos até fechar em 25 a 20.

“O mais importante de tudo isso é o que falo para vocês. Trabalho em conjunto, é o trabalho coletivo, é o time em todos os setores jogando de forma equilibrada junto à esta torcida maravilhosa (...) Foi uma coisa muito importante na montagem do elenco, pensamos nisso. A grande diferença hoje do elenco é montar uma equipe bastante homogênea, isso dá uma qualidade e intensidade de treino muito boa. E quando precisamos nos jogos, eles estão preparados para entrar”, disse o treinador Marcelinho Ramos.

“Foi o mesmo início de jogo. Imprimimos nosso ritmo, eles mudaram a estratégia e decidiram a partida. Hoje eles mudaram a estratégia, mas a gente estava preparado”, apontou o ponteiro Bob.

Na próxima quarta-feira, às 20h, Montes Claros volta a quadra para enfrentar o Juiz de Fora Vôlei, no ginásio da Faefid (UFJF). Já o Minas Tênis Clube encara Unincor/Três Corações, no dia 26, às 19h, no Pelezão. 

foto: Gustavo Ângelo

Nenhum comentário:

Postar um comentário