quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Brasil fica com o quinto lugar no Campeonato Mundial Sub-23

A Seleção Brasileira Sub-23 terminou sua participação no Campeonato Mundial da categoria, que foi realizado em Dubai, nos Emirados Árabes, na quinta posição, somando cinco vitórias e duas derrotas. Na partida que definiu sua colocação final, o time verde e amarelo derrotou a Argentina por 3 sets a 1, parciais de 25/19, 25/18, 30/32 e 25/22, resultado que foi comemorado por todos.

O jogo começou equilibrado, mas após o primeiro tempo técnico, o time verde e amarelo deslanchou, com grande atuação de Douglas Souza, e fechou a primeira parcial por 25 a 19. O Brasil continuou mantendo o ritmo no segundo set, mantendo a liderança do placar desde o primeiro tempo técnico, explorando bem as jogadas com Aracaju, tanto que venceu por 25 a 18.

A Argentina melhorou no início do terceiro set, com bons ataques de Pablo Koukartsev e Joaquin Gallego, mantendo a ponta do placar. O Brasil conseguiu igualar o jogo em 19 a 19, mas no final a Argentina salvou três pontos do jogo, virando o placar, e vencendo por 30 a 32. Bem no saque e no bloqueio, o time de Rubinho abriu uma vantagem de cinco pontos no começo do quarto set e não foi mais alcançado. O Brasil terminou com quatro pontos de saque, contra dois dos adversários, além de ter cedido menos erros, que deram a vitória por 25 a 22.

“Fizemos um bom jogo, melhor do que o duelo anterior contra a Argentina, na fase preliminar. Parabéns à seleção argentina por jogar muito bem com uma equipa tão jovem. Mas hoje jogamos melhor no conjunto bloqueio-defesa e no saque. Este é um campeonato difícil. Nós tentamos o nosso melhor, jogando tão bem quanto possível. Todas as equipes neste torneio foram muito bem taticamente e fisicamente”, analisou o técnico Rubinho.

A campanha no Campeonato Mundial Sub-23 começou com vitória do Brasil sobre o México por 3 sets a 0, parciais de 25/14, 25/15 e 25/16. No segundo jogo, o primeiro revés, diante da Rússia por 3 sets a 1, parciais de 24/26, 25/17, 16/25 e 21/25. Na sequência, o time verde e amarelo se recuperou e derrotou a Tunísia por 3 sets a 1, parciais de 25/21, 22/25, 25/21 e 25/20. No quarto jogo da competição, os comandados de Rubinho perderam para a Argentina por 3 sets a 2, parciais de 25/18, 25/18, 31/33, 23/25 e 15/13. Na última partida da fase classificatória, acabou vencendo a Turquia por 3 sets a 1, parciais de 22/25, 25/18, 25/19 e 25/21, mas acabaram de fora das semifinais. 

Fora das semifinais, que tiveram Rússia, Turquia, Cuba e Itália, os brasileiros, que foram campeões na 1ª edição, em 2013, encararam a Coréia do Sul por vaga na disputa do 5º lugar e venceram por 3 sets a 1, parciais de 25/17, 17/25, 25/23 e 25/21. O título do Campeonato Mundial Sub-23 acabou sendo da Rússia que vencera a Turquia na grande decisão.

foto: FIVB/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário