sexta-feira, 14 de agosto de 2015

(Copa SP) Brasil Kirin e Funvic Taubaté/São Paulo FC decidem título

No próximo sábado, às 18h30min, Brasil Kirin e Funvic Taubaté/São Paulo FC decidem o título da Copa SP, no ginásio Abaeté. Enquanto o time de Campinas busca o bicampeonato, a equipe do Vale do Paraíba tenta conquistar pela primeira vez o torneio, que serve como aperitivo para o Campeonato Paulista. Infelizmente alguns atletas que estão com a Seleção Brasileira estarão de fora e nenhuma televisão confirmou a transmissão.

Apesar de defender o título, o Brasil Kirin terá que jogar longe de casa na final, pois o regulamento aponta que o time com melhor índice técnico na semifinal ganha o direito de fazer o jogo decisivo diante sua torcida. Na semifinal, o time de Campinas derrotou São José dos Campos no tie-break, no ginásio do Taquaral, sendo que o oposto Zé, o levantador André e o central Babu (todos juvenis) foram importantes no resultado.

“Será mais um duelo complicado. Ainda estamos sentindo a equipe, como ela reage em algumas situações, e na última partida apresentaram uma boa resposta. Agora teremos uma situação adversa, por atuar na casa do adversário, que terá a responsabilidade do jogo. Vamos entrar mais à vontade, depois de ter passado o peso da estreia, e buscaremos a vitória”, analisou o treinador Alexandre Stanzioni.

“Tivemos situações adversas na semifinal, mas conseguimos contorná-las com ajuda de todo mundo. Isto mostra o quanto o grupo é unido e psicologicamente forte. Isto é difícil de aparecer em um começo de trabalho, mas mostra que estamos preparados”, exaltou o ponteiro Ygor Ceará.

Pelo lado da Funvic Taubaté/São Paulo FC, o momento é de continuar o embalo, já que o time derrotou nas quartas de final a Climed/Atibaia e na semifinal o Sesi-SP. Sem vários jogadores (Lucarelli, Riad, Japa, Ricardo Junior, Otávio, Ialisson, Isbel Mesa e Gavin Schmitt), o técnico Cezar Douglas aposta na força do conjunto para conquistar mais um título para o clube.

“Tivemos um bom desempenho. O grupo em geral trabalhou com eficiência e equilíbrio. Quando um fundamento não funcionava, os atletas supriam executando os outros muito bem. O jogo de hoje foi decisivo e tivemos mais uma oportunidade de mostrar os resultados dos treinamentos. Já sobre a final de sábado, creio que será um jogo muito difícil, independente do adversário”, comentou o técnico Cezar Douglas.

foto: Gabriel Inamine & Divulgação/Gisa Alves

Nenhum comentário:

Postar um comentário