sexta-feira, 17 de julho de 2015

(Jogos Pan-Americanos) Brasil estreia com vitória tranquila sobre a Colômbia

Atual campeão dos Jogos Pan-Americanos, o Brasil estreou na atual edição com vitória, nesta sexta-feira, sobre a Colômbia, por 3 sets a 0, parciais de 25/16, 25/13 e 25/16, no no Exhibition Centre, em Toronto, no Canadá. Agora a equipe dirigida pelo técnico Maurício Motta Paes encara Cuba, neste domingo, às 14h30min (horário de Brasília), em mais um duelo do Grupo A, que ainda conta com a Argentina.

O jogo começou equilibrado. No ace do central Otávio, o Brasil colocou um de vantagem (4 a 3). No bloqueio de Maurício Souza, a equipe brasileira fez 8/6. Bem no bloqueio, a seleção seguiu com boa vantagem (10 a 6). Com bom ritmo de jogo, o time do Brasil teve facilidade e chegou a 22 a 15. No ace de João Rafael, a seleção fechou o primeiro set em 25 a 16.

O Brasil começou bem no segundo set também, abrindo logo 3 a 1. Atuando bem no saque e no bloqueio, a equipe brasileira fez 10 a 4. Na combinação de bola rápida entre Murilo e Maurício Souza, o time verde e amarelo fez 14 a 7. Com Douglas, o Brasil fez 23 a 12. No final, fechou por 25 a 13.

No terceiro set começou com um equilíbrio um pouco maior, com as equipes empatadas em 5 a 5. O jogo seguiu igual em 10 a 10. Com dois pontos de saque do levantador Murilo, o Brasil abriu vantagem e a Colômbia pediu tempo. No ace de João Rafael, 23 a 14. E o Brasil levou a melhor em 25 a 16.

“Foi bom. Conseguimos uma vitória de 3 a 0. Estamos treinando há dois meses, em uma forte preparação, depois os amistosos e foi bom para tirar a tensão da estreia. Conseguimos executar o que vínhamos treinando e o time está de parabéns”, disse o oposto Renan.

“Essa equipe tem jogadores jovens, mas já uma boa bagagem. O pouco de experiência que eu tenho a mais, tento conversar com eles para passar calma, principalmente quando estamos atrás no placar. Temos que procurar fazer o nosso jogo e isso é o mais importante. A responsabilidade é bem dividida, cada um faz o que treinou”, afirmou o ponteiro Maurício Borges.

“Agora, tenho um pouco mais de responsabilidade, mas a comissão técnica da seleção nos prepara bem, em todos os campeonatos para representarmos bem o nosso país. Tivemos tranquilidade na virada de bola e acho que isso foi fundamental para conseguimos a vitória hoje”, destacou o levantador Murilo Radke, um dos remanescentes do time campeão em 2011.

foto: CBV/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário