domingo, 5 de julho de 2015

Antes dos Jogos Pan-Americanos, Brasil perde primeiro amistoso para Argentina

Mesmo contando com mais de sete mil pessoas no ginásio Nélio Dias, a Seleção Brasileira perdeu para a Argentina por 3 sets a 2, parciais de 21/25 26/24, 25/18, 23/25 e 15/13, em Natal, no Rio Grande do Norte. Esse foi o primeiro da série de três amistosos contra os rivais sul-americanos no Nordeste que servem de preparação para os Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá.

O set começou com um rally definido pelo contra-ataque de Douglas Souza. Com dois aces do central Otávio o time da casa abriu 6 a 3. A dupla de centrais do Brasil funcionava bem com o bloqueio amortecendo e permitindo o contra-ataque. Com um ace do capitão Maurício Borges a vantagem aumentou para seis pontos em 11 a 5. O saque brasileiro continuou entrando bem, deixando o ataque argentino menos eficiente. Com uma bola rápida de meio, Maurício Souza fez 18 a 14 para a o selecionado nacional. Os brasileiros administraram a vantagem e, com um erro de saque adversário, fecharam em 25 a 21.

Na segunda parcial a Argentina começou melhor e os donos da casa instáveis no passe, permitindo que os visitantes abrissem 0 a 5. O bloqueio argentino encontrou o tempo certo e chegava em todas as bolas botando pressão no ataque brasileiro. O técnico Maurício Motta fez a inversão e colocou Thiaguinho e Rafael Araújo em quadra o que deu mais ritmo ao time. Um bloqueio simples do central Maurício Souza levantou o público no ginásio e diminuiu a diferença para 9 a 12. Com um saque venenoso, Chirivino deixou o time azul e branco com uma vantagem confortável, 11 a 18. Com o apoio da torcida o Brasil reagiu, mas com um ponto de saque de Zanotti, os argentinos fecharam em 24 a 26.

Novamente foi a Argentina que começou na frente mantendo a consistência na virada de bola. Os brasileiros buscaram o equilíbrio no passe e mais volume na defesa. Com um ace de Douglas Souza o time da casa assumiu a liderança em 5 a 4. Os argentinos não deixaram o placar abrir e viraram no tempo técnico com uma bola desviada no bloqueio, 7 a 8. O time verde e amarelo se perdeu no ataque e permitiu que os visitantes aumentassem a diferença, 8 a 11, obrigando Maurício Motta a parar o jogo. A parada não surtiu efeito a equipe argentina seguiu com o domínio das ações. No erro de saque de Douglas Souza fim de set em 18 a 25 para os visitantes.

Para a quarta parcial o time brasileiro voltou diferente, com Kadu jogando de oposto e João Rafael no lugar de Maurício Borges. A mudança fez efeito com o aumento no volume defensivo. Os argentinos não esmoreceram e continuaram fazendo jogo de igual para igual, conseguiram a virada na hora do tempo técnico, 7 a 8. A vantagem continuou do lado argentino, os brasileiros ainda tinham dificuldade em atacar. Com mais um bloqueio de Palacios a diferença subiu para quatro pontos, 13 a 17. Com o apoio das arquibancadas e bom momento de Douglas Souza o time brasileiro virou e levou a disputa para o quinto set, 25 a 23.

No tie-break o jogo ficou ainda mais nervoso. Apesar de ser uma partida amistosa, nenhum dos dois lados diminuiu a pressão. As duas equipes se alternaram na frente do placar. Mas o bloqueio argentino esteve melhor ao longo da disputa e no quinto set não foi diferente, Palácios parou o ataque brasileiro e a diferença ficou em dois pontos a favor dos visitantes, 6 a 8. No final, os hermanos administraram a vantagem e fecharam em 13 a 15.

“A partida, apesar de ser um amistoso, teve um gosto de final de campeonato. Foi um pecado perdermos, mas este foi o primeiro jogo oficial que fizemos. A torcida lotou o ginásio. Mas ainda temos muito trabalho pela frente para fazermos melhor nos outros amistosos”, disse o ponteiro Douglas Souza.

“Para nós este foi o primeiro jogo junto. Fizemos alguns treinos contra a seleção militar e contra a seleção juvenil, mas ainda não tivemos o tempo necessário. Os jogos contra a Argentina serão importantes para fazermos uma boa preparação”, comentou o ponteiro Maurício Borges.

A próxima partida será nesta segunda-feira, às 18h30min, no ginásio Paulo Sarasate, em Fortaleza, no Ceará. No próximo sábado, às 12h30min, acontece o último confronto entre os dois times em João Pessoa, na Paraíba. Nos Jogos Pan-Americanos, o Brasil está no Grupo A, junto com Colômbia, Cuba e Argentina. A estreia da equipe verde e amarela será contra os colombianos no dia 17 de julho.

Equipes:


Brasil: Renan Buiatti, Murilo Radke, Maurício Borges, Doulgas Souza, Otávio, Maurício Souza e Tiago Brendle (líbero)
entraram: Flávio Gualberto, Rafael Araújo, Thiaguinho, Bruno Canuto, Kadu e João Rafael
Técnico: Maurício Motta Paes

Argentina: Martina, Gonzalez, Palacios, Zanotti, Franetovich, Guzmán e Lopez (líbero)
entraram: Koukartsev, Chirivino e Quiroga
Técnico: Martin Lopez.

foto: Alexandre Arruda/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário