quinta-feira, 18 de junho de 2015

(Liga Mundial) Brasil e Itália prometem grande jogo nesta sexta-feira em Roma

Um jogo de voleibol entre Brasil e Itália sempre é uma atração especial. Dois dos mais tradicionais times da modalidade (os únicos a participarem de todas as edições da Liga Mundial) se enfrentarão em uma ocasião ainda mais particular nesta sexta-feira: no imponente Foro Itálico, em Roma. A etapa italiana da competição terá o primeiro jogo realizado no estádio de tênis, a céu aberto, com capacidade para 11 mil pessoas. A partida ocorre às 15h (horário de Brasília) e terá transmissão ao vivo da Band e do Sportv.

Para este duelo, o capitão do Brasil, Bruninho, aposta em um verdadeiro espetáculo. Se as condições climáticas podem interferir na qualidade técnica do jogo, o levantador procura minimizar este possível problema e enaltecer a grandeza de tudo que cerca esta partida contra a seleção do país onde joga na temporada de clubes (Bruninho é atleta do Modena).

“A preparação para essa partida contra a Itália foi muito boa desde que chegamos a Roma. Sem dúvida, este vai ser um jogo diferente. Vamos jogar em um lugar aberto e a atmosfera que envolve esse confronto é completamente diferente (...) Tecnicamente, pode não ser uma partida perfeita de vôlei, mas mais importante é ter uma oportunidade como essa. Jogar no Foro Itálico, que é um lugar mundialmente conhecido, vai ser uma experiência inesquecível para rodos nós. Espero fazer um bom jogo e ajudar o Brasil a conseguir a vitória, mas, com certeza, vai ser algo bem incomum em relação ao que estamos acostumados”, destacou Bruninho.

Comandante da Seleção Brasileira enquanto Bernardinho cumpre suspensão, Rubinho também dá importância ao momento histórico que Brasil e Itália farão nesta sexta-feira, claro, sem deixar de se preocupar com o bom desempenho da equipe em quadra. Ao todo 14 jogadores foram relacionados para o duelo, sendo uma das novidades a presença do líbero Mário Jr., que pode fazer sua primeira partida nesta Liga Mundial.

“Brasil e Itália é sempre uma partida muito difícil de jogar e, neste caso específico, as equipes com certeza vão fazer o máximo para tonar esse jogo um espetáculo grandioso. É o que esperamos que aconteça no jogo desta sexta-feira, já que o vôlei é um esporte tão amado aqui na Itália. Não podemos nos descuidar de alguns pontos que serão importantes nesta partida, mas temos que pensar no grande feito que será essa partida a céu aberto”, disse Rubinho.

A Seleção Brasileira ocupa a liderança do Grupo A, com 14 pontos, tendo cinco vitórias e apenas uma derrota. Já a Itália parece no segundo lugar, com onze pontos, sendo quatro vitórias e duas derrotas. Na terceira posição está a Sérvia, também com onze pontos, mas com uma partida a mais, enquanto a Austrália tem apenas três pontos.

Equipes:

Itália: Travica, Zaytsev, Anzani, Giannelli, Alletti, Vettori e Colaci (líbero)
Técnico: Mauro Berruto

Brasil: Bruninho, Wallace, Murilo, Lucarelli, Lucão, Riad e Serginho (líbero)
Técnico: Rubinho

foto: CBV/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário