sábado, 30 de maio de 2015

Na busca por patrocinadores, Ricardinho segura as pontas no Maringá

Levantador, capitão e presidente, essas são as três funções de Ricardinho no Maringá Vôlei. Com a saída da Ziober como patrocinador máster, o campeão olímpico vem trabalhando forte para ter um orçamento capaz de manter o time paranaense entre as oito equipes da Superliga 2015/2016. A intenção é fechar o elenco até o final de julho, já que a equipe não disputa o Estadual.

“Estamos correndo e muito. Hoje nossa realidade aponta para a Copel Telecom que está com a gente desde o início. Tenho projeto de incentivo fiscal nas mãos e estamos atrás de parceiros para que a equipe se mantenha (...) Nosso foco é estar sempre nos playoffs. Existem ainda bons jogadores no mercado, mas não podemos fazer loucura e trabalhar com os pés nos chão. O torcedor pode ter certeza que trabalhamos 24 horas dedicados ao vôlei na cidade”, declarou Ricardo, em entrevista ao jornalista Bruno Voloch, do blog R7.

De certo, Ricardinho vai continuar em quadra na próxima temporada e o Maringá será comandado por Horacio Dileo, que tem mais um ano de contrato com o clube. Quem também continua é o oposto Luan, que renovou com o clube. Do elenco anterior, quatro jogadores acertaram com outras equipes, casos de Tiago Brendle e Piá, que foram para o Brasil Kirin, de Diogo, que se acertou com São José dos Campos, e de Ricardo Júnior, que foi para a Funvic Taubaté/São Paulo. Por outro lado, Thiago Sens, ex-Funvic/Taubaté, e Ualas, ex-UPCN, da Argentina, estão apalavrados.

foto: Maringá/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário