quarta-feira, 29 de abril de 2015

Sesi-SP confirma permanência de jovens talentos

Na temporada 2015/2016, o Sesi-SP apostará em jovens talentos criados nas categorias de base e em jogadores identificados com o projeto. O técnico Marcos Pacheco entendeu as orientações da diretoria do clube paulista e confirmou a sua presença por mais um ano, sendo que nesta semana os primeiros jogadores tiveram seus contratos renovados. Independente de o orçamento ter sido resolvido, os dirigentes garantem que esse era um caminho mais correto no momento.

Dos jogadores formados na base do clube renovaram: o levantador Thiaguinho (campeão mundial Sub-23 pela Seleção Brasileira), os ponteiros Alison Martins, Fabio Capalbo e Douglas Souza, além do central Aracajú (os três últimos, campeões sul-americanos pela Seleção Brasileira Sub-22). Quem também segue na Vila Leopoldina é o oposto Rafael Araujo, que se destacou na Superliga passada.

“Sempre foi dito que o Sesi-SP formaria uma equipe de base e agora estamos apenas seguindo esse caminho. Os jogadores campeões que passaram por aqui foram todos muito importantes para ajudar nessa missão, repassando suas experiências para os mais jovens, mas agora é a vez da 'prata da casa' assumir a camisa”, disse o diretor de Esportes e Qualidade de Vida do Sesi-SP, Alexandre Pflug.

A intenção da diretoria do Sesi-SP e do técnico Marcos Pacheco é mesclar bem o elenco profissional. O líbero Serginho e o ponteiro Murilo são dois jogadores experientes que devem continuar no elenco, assim como o oposto Théo. Devem deixar o clube: os centrais Lucão, Rogério e Riad, os ponteiros Lucarelli, Maurício Borges e Mão, além do levantador Marcelinho.

“Mesmo com a ideia de usar a base como a principal fonte para 2015/2016, temos uma camisa e uma tradição. E teremos jogadores experientes para continuar ajudando os mais jovens na busca pelas conquistas nas principais competições”, explicou o dirigente, que tem conversado com o central Sidão, que estava na Funvic/Taubaté, e o ponteiro Thiago Alves, atualmente no Panasonic Panthers, do Japão.

foto: Alexandre Arruda/CBV

Nenhum comentário:

Postar um comentário