sábado, 11 de abril de 2015

(Decisão Sada/Cruzeiro x Sesi-SP) Os centrais Isac e Riad

A Confederação Brasileira de Vôlei publicou nos dias que antecedem a grande final da Superliga 2014/2015 uma espécie de raio-X dos titulares de Sada/Cruzeiro e Sesi-SP. O Espaço do Vôlei reproduz esse material que mostra o que as pessoas podem esperar do jogão do próximo domingo, às 10h, no Mineirinho, que terá transmissão da Rede Globo, Sportv e Rede TV.

Isac foi campeão no ano passado, já com o Sada/Cruzeiro e, justamente, contra o Sesi-SP. O título marcou a carreira do jogador. Estar na sua segunda final consecutiva, novamente em casa, gera uma expectativa especial para o jovem central que é figurinha permanente da seleção brasileira de Bernardinho nas últimas convocações.

“Quando entrei na quadra e vi aquele ginásio lotado, com a torcida em grande parte do nosso time, aquela massa azul, foi muito emocionante. O último ponto, no contra-ataque do Wallace, também me marcou muito (...) Essa semana tem um sentimento bem legal e a expectativa não poderia estar melhor. Temos um jogo para conquistar o título e sabemos que, neste dia, tudo tem que sair praticamente perfeito, já que temos um time muito forte do outro lado. Esse tem tudo para ser um jogo muito equilibrado”, disse Isac.

Após retornar de uma longa temporada na Itália, o central foi campeão da Superliga com o extinto RJX e considera este o momento mais especial vivido na competição. Para o central, o Sesi-SP está preparado para a grande decisão que espera ser bastante disputada

“O momento da Superliga que mais me marcou foi o título de 2012/2013 pelo RJX. Eu sou carioca e nunca tinha defendendo um time do Rio até então. Vim de três anos perfeitos na Itália e tinha a expectativa de manter este nível. Jogar no Maracanãzinho lotado com toda a minha família e amigos presentes foi uma oportunidade única (...) Nossa equipe é bastante experiente, com atletas que jogaram finais olímpicas e que estão acostumados a encarar a pressão de uma final. Esperamos um jogo equilibrado, já que os dois times são muito fortes, com característica de saques potentes. O Sada/Cruzeiro liderou o campeonato da primeira à última rodada, e nós, apesar da temporada irregular, crescemos nos playoffs. Difícil fazer um prognóstico, mas estamos preparados para cinco sets”, disse Riad.

foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário