sábado, 11 de abril de 2015

(Decisão Sada/Cruzeiro x Sesi-SP) Os líberos Serginho e Serginho

A Confederação Brasileira de Vôlei publicou nos dias que antecedem a grande final da Superliga 2014/2015 uma espécie de raio-X dos titulares de Sada/Cruzeiro e Sesi-SP. O Espaço do Vôlei reproduz esse material que mostra o que as pessoas podem esperar do jogão do próximo domingo, às 10h, no Mineirinho, que terá transmissão da Rede Globo, Sportv e Rede TV.

A experiência acompanha Serginho, de 36 anos, que vai para sua 12º final de Superliga. Entre todas, um é guardado na lembrança com um carinho especial. Depois de liderar a fase classificatória e garantir a vantagem de jogar a final em casa, o Sada/Cruzeiro espera contar com apoio da sua torcida.

“Esse era o nosso objetivo justamente para podermos jogar a final no Mineirinho. É diferente jogar em um ginásio para três mil pessoas e depois ir para um de 25 mil. A pressão é maior. E mesmo com tantas finais nas costas, ainda sinto aquele friozinho na barriga. Mas, depois do primeiro toque na bola a energia flui (...) O momento mais marcante da minha carreira na Superliga foi o primeiro título, na temporada 2000/2001. Desde sempre eu acreditei que o atleta precisa ter regularidade, ser acima da média. Chegar à final sempre foi uma meta particular minha e cada decisão de Superliga foi especial para mim”, disse Serginho, do time mineiro.

Serginho, do Sesi-SP, tem 39 anos e um título de Superliga, na temporada 10/11, quando ganhou do Sada/Cruzeiro, também no Mineirinho. Esse, sem dúvidas, é o momento considerado mais marcante para o experiente líbero. Após passar quatro temporadas na Itália, o líbero está feliz desde que voltou ao país e tem um carinho grande pela torcida mineira, que pretende lotar o Mineirinho na decisão do próximo domingo.

“O título já pelo Sesi-SP foi o momento que mais me marcou, pois eu tinha acabado de voltar a jogar no Brasil (...) Esta será a minha quarta final e terceira em Belo Horizonte. A torcida mineira é muito apaixonada pelo voleibol, e isso dá uma energia boa, é bom para o esporte. Estamos preparados para a pressão. O nosso time lutou muito para chegar à decisão e fizemos por merecer. Esperamos um jogo muito difícil e equilibrado”, contou Serginho.

foto: Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário