sábado, 14 de março de 2015

(Superliga) Ziober/Maringá e Sesi-SP se enfrentam no Chico Neto

Neste sábado, às 21h30min, Ziober/Maringá e Sesi-SP voltam a se encontrar no segundo jogo das quartas de final da Superliga 2014/2015. Desta vez, as equipes duelam no ginásio Chico Neto e uma vitória do clube paulista lhe dá vaga para as semifinais, enquanto o time paranaense precisa vencer para forçar um terceiro duelo em São Paulo. A partida será transmitida pelo Sportv.

Depois de perder o primeiro jogo, na capital paulista por 3 sets a 0, o Ziober/Maringá quer reverter a situação e esperar contar com o apoio da torcida local. A expectativa é boa, já que na fase regular teve uma média superior a 2.500 pessoas, só ficando atrás de Montes Claros. Para o elenco e o técnico Horacio Dielo, a força que vem das arquibancas pode ser um diferencial para a vitória.

“Os detalhes que erramos, não podemos voltar a repetir, ainda mais em uma mata mata, onde temos que ter muita concentração. O Sesi-SP tem jogadores de muita qualidade e um ótimo treinador. Então, temos que saber jogar ponto a ponto da forma com que estamos treinando essa semana. É uma partida que define muita coisa: nosso trabalho e também um sonho. Ter o Chico Neto lotado vai nos ajudar muito, mas também temos a consciência que somos nós quem entramos em quadra e que temos que fazer a diferença lá dentro”, disse o treinador Horacio Dileo.

“A expectativa para este jogo é a melhor possível, sabemos que temos condições de vencer aqui e lá na terceira partida. Só depende de nós e contamos com a Torcida Ziober para pressioná-los durante o jogo”, declarou o central Mudo.

Pelo lado do Sesi-SP, o treinador Marcos Pacheco se preocupa com o desempenho do adversário, em especial, do experiente levantador Ricardinho. Quanto ao seu time, a boa apresentação no ginásio da Vila Leopoldina foi bastante comemorada, porém todos sabem que não tem nada ganho. O bom momento dos centrais Lucão e Riad dão segurança para a equipe no ataque, além do ponteiro Lucarelli, tanto no setor defensivo do time quanto ofensivo. 

“Fizemos um bom jogo na primeira rodada, mas o Ziober Maringá é um time muito perigoso. Tem um levantador que não precisa nem de comentários, o Ricardinho, que faz um jogo com bastante velocidade. Por isso, precisamos sacar bem e tirar a possibilidade do Ricardinho imprimir um jogo muito rápido. Mas, nós temos jogadores experientes, acostumados a este momento decisivo, e precisamos contar com um bom passe para que o Marcelinho consiga colocar todos os jogadores em condições, como aconteceu no primeiro jogo”, disse o treinador Marcos Pacheco. 

“O meu desempenho pode contribuir para a equipe nesse prosseguimento do playoff através do bloqueio, que é o fundamento que eu venho me destacando. O Ziober Maringá tem um levantador que joga muito rápido, que é o Ricardinho, e é muito difícil ter o jogo inteiro com o bloqueio muito compacto. Por isso, temos que começar com um bom saque para facilitar o desempenho do nosso bloqueio. Sei que vou ter que estar concentrado e estudar bastante para tentar parar as bolas dele, que são muito aceleradas”, explicou o central Riad.

Equipes:

Sesi-SP: Marcelinho, Theo, Lucarelli, Maurício Borges, Riad, Lucão e Serginho (líbero)
Técnico: Marcos Pacheco

Ziober/Maringá: Ricardinho, Rivaldo, Diogo, Renato, Mudo, Bomba e Tiago Brendle (líbero)
Técnico: Horácio Dileo

foto: Sesi-SP/Divulgação & Ziober/Maringá/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário