sábado, 14 de março de 2015

(Superliga) Sada/Cruzeiro vence Montes Claros e garante lugar na semi

Com um ginásio Tancredo Neves com público superior a nove mil pessoas, o Sada/Cruzeiro derrotou o Montes Claros por 3 sets a 1, parciais de 25/23, 25/18, 26/28 e 31/29, no segundo jogo do confronto válido pelas quartas de final da Superliga 2014/2015. Como havia vencido o primeiro duelo por 3 sets a 0, em Contagem, a equipe celeste garante vaga nas semifinais da competição.

Os donos da casa começaram com um ritmo forte e chegaram a abrir 5 a 2, chegando à frente no primeiro tempo técnico, com 8 a 6. Em seguida, os cruzeirenses aproveitaram bem dois contra-ataques com Wallace, e, com um grande ace de William, empataram em 9 a 9. O trabalho ofensivo da Raposa seguiu funcionando e o time abriu dois pontos de vantagem. Mas, com Pedrão inspirado, Montes Claros voltou a igualar em 14 a 14. O set seguiu disputado ponto a ponto, até a passagem de Leal pelo saque, quando o Sada/Cruzeiro abriu 22 a 19 e continuou melhor para fechar em 25 a 23.

Assim como na parcial anterior, o segundo set começou muito equilibrado. As equipes trocaram pontos até Leal desempatar no contra-ataque e Winters marcar um ace, fazendo o Sada Cruzeiro chegar à frente no tempo técnico, em 8 a 6. Os times ainda se equilibraram até o placar marcar 12 a 12. Porém, com a recepção funcionando, William distribuía bem e seus atacantes faziam a diferença. E com contra-ataque de Douglas Cordeiro, a Raposa abriu seis pontos de vantagem: 23 a 17 e fechou o período e, 25 a 18, com um ace do central.

O Montes Claros voltou arriscando tudo na terceira etapa. As equipes trocaram pontos até 5 a 5, mas os anfitriões aproveitavam as falhas no passe celeste e fizeram 8 a 5. O saque azul também não entrava como nos sets anteriores, o que dava tranquilidade ao levantador do Pequi Atômico e permitia um crescimento dos donos da casa no ataque. Assim, eles seguiram na frente durante toda a parcial e chegaram a abrir quatro pontos de vantagem, em 20 a 16. No final do set, o jogo ficou emocionante. Com a excelente passagem de Winters pelo saque, cruzeirenses ainda passaram à frente em 24 a 23 e os times brigaram muito até o Montes Claros fechar em 28 a 26.

O equilíbrio continuou sendo a tônica do quarto set. Ponto a ponto, Sada/Cruzeiro e Montes Claros disputaram até o 11°. Aproveitando os erros dos cruzeirenses, o clube anfitrião abriu três de vantagem, em 14 a 11, e administrou até 21 a 18. A partir daí, a Raposa tirou um ponto de cada vez, chegando ao empate em 22 a 22, com bloqueio de Douglas Cordeiro. Como na parcial anterior, os times equipes seguiram lutando e construindo set points, até que Leal virou um contra-ataque e foi para o saque marcar um ace e fechar o jogo em 31 a 29.

“Uma partida nesta fase da competição é sempre muito difícil. Nós começamos bem, mas no terceiro set caímos um pouco o ritmo, desperdiçamos contra-ataques e eles acabaram reagindo e crescendo na partida. No quarto set nós retomamos e conseguimos essa vitória importantíssima. Agora vamos descansar um pouco e já nos preparar para o playoff das semifinais”, avaliou o ponteiro Leal.

“Cumprimos nosso objetivo até aqui, que era obter essa classificação. Agora vamos trabalhar firmes, já pensando na próxima fase. Esse confronto mostrou que não tem jogo fácil nesta fase da Superliga e temos que estar bem preparados”, disse o técnico Marcelo Mendez.

“Esse jogo foi bastante equilibrado. Conseguimos ter um saque eficiente, nossa recepção também funcionou bem e toda a equipe esta de parabéns. Sabíamos da dificuldade que enfrentaríamos contra o Cruzeiro e chegamos ao nosso limite”, comentou o líbero Ezinho.

Os cruzeirenses vão aguardar ainda a definição do adversário das semifinais, que sairá do confronto entre Minas Tênis Clube e Brasil Kirin. O time de Belo Horizonte venceu a primeira partida por 3 sets a 0 e os times voltam à quadra na manhã deste domingo, às 10h30min, no ginásio do Taquaral, para o segundo jogo.

Equipes:

Sada/Cruzeiro: William, Wallace, Filipe, Leal, Douglas Cordeiro, Isac e Serginho (líbero)
entraram: PV, Fernando Cachopa e Winters
Técnico: Marcelo Mendez

Montes Claros: Rodriguinho, Cléber Mineiro, Polaco, Ceará, Pedrão, Salsa e Ezinho (líbero)
entraram: Acácio, Edinho, Índio e Gianzinho
Técnico: Marcelinho Ramos

foto: Renato Araújo/Divulgação Sada Cruzeiro

Nenhum comentário:

Postar um comentário