sexta-feira, 13 de março de 2015

(Superliga) Sada/Cruzeiro e Montes Claros abrem segunda rodada dos playoffs

Neste sábado, às 12h30min, o Sada/Cruzeiro enfrenta o Montes Claros, no ginásio Tancredo Neves, no segundo jogo entre as equipes pelas quartas de final da Superliga 2014/2015. No primeiro duelo, realizado no ginásio do Riacho, em Contagem, o time celeste levou a melhor e venceu por 3 sets a 0, portanto uma nova vitória garante os comandados de Marcelo Mendez nas semifinais. Já o Pequi Atômico precisa vencer em casa para forçar um terceiro confronto. A partida terá transmissão do Sportv.

Presente em todas as semifinais da Superliga desde 2008, o Sada/Cruzeiro vai tentar repetir o retrospecto dos últimos anos e garantir vaga na próxima fase desta edição. Para isso, o time conta com o oposto Wallace, o levantador William e o ponteiro Leal, que estão desequilibrando as partidas. Para completar, o elenco celeste é recheado de bons jogadores, como os centrais Eder e Isac, além do líbero Serginho, que transformam o time no favorito a vaga. 

“Nosso time tem mostrado nos últimos anos que tem um projeto competitivo, de lutar por grandes resultados. Os nossos objetivos são sempre os mesmos, chegar nas finais e brigar pelo título. E obrigatoriamente temos que seguir fase a fase, pensando em um jogo de cada vez (...) Não vai ser fácil não, vamos jogar na casa deles, com torcida contra e temos que entrar concentrados, bem focados mesmo. Vamos tentar repetir o bom aproveitamento que tivemos em Contagem, com um bom saque, trabalhando bem na cobertura, e ir com tudo para garantir essa vaga na próxima fase”, declarou o oposto Wallace.

“No primeiro jogo dos playoffs nós jogamos muito bem, com uma excelente distribuição do William e quatro jogadores nossos tiveram um aproveitamento acima de 70% no ataque. Isso funcionou muito bem e nosso trabalho de saque e defesa também foi muito bom. Temos que manter o foco, tratar de jogar bem e fazer o nosso melhor”, disse o treinador Marcelo Mendez.

No Montes Claros, o bom primeiro set no duelo de Contagem acabou apagado pela irregularidade mostrada nas parciais seguintes. O técnico Marcelinho Ramos tratou de cuidar muito da recepção da equipe durante a semana e esse é o fundamento que mais preocupa para o duelo em casa, que deve ter boa presença de público. Outra situação que chama a atenção é a sensação térmica que deve estar no ginásio, pois a partida ocorre no início da tarde.

“Aqui (no ginásio), em condições normais já é quente e com este horário nem se fala. Se a gente pensar que o ginásio vai estar cheio com a torcida, a sensação térmica tende a ser ainda maior”, alertou o central Salsa, em entrevista ao Blog De Veneta.

“É muito difícil jogar contra o Sada/Cruzeiro, primeiro por ser contra meus antigos companheiros e, principalmente, porque é um time fenomenal. Mas graças a Deus eu consegui sacar bem, consegui rodar algumas bolas importantes. É um time muito forte, então a gente tem que partir para um lado individual, no saque, no ataque. Mas acho que foi uma boa partida lá em Contagem, com méritos do Sada/Cruzeiro na vitória. Agora vamos com tudo pra tentar conseguir um resultado positivo em Montes Claros”, disse Pedrão, que está emprestado ao time até o final da Superliga.

Equipes:

Sada/Cruzeiro: William, Wallace, Eder, Isac, Filipe, Leal e Serginho (líbero)
Técnico: Marcelo Mendez

Montes Claros: Rodriguinho, Cleber, Salsa, Pedrão, Ceará, Polaco e Ezinho (líbero)
Técnico: Marcelinho Ramos

foto: Ana Flávia Goulart/Divulgação Sada Cruzeiro & Fredson Souza/MVC

Nenhum comentário:

Postar um comentário