domingo, 8 de março de 2015

(Superliga) Em duelo equilibrado, Sesi-SP vence Ziober/Maringá e sai na frente

Em partida bastante disputada, o Sesi-SP derrotou o Ziober/Maringá por 3 sets a 0, parciais de 25/22, 25/19 e 25/23, no ginásio da Vila Leopoldina, no primeiro jogo do duelo válido pelas quartas de final da Superliga 2014/2015. Com a vitória, o time paulistano joga por mais um resultado positivo no dia 14, no ginásio Chico Neto para chegar as semifinais. Já a equipe paranaense precisará vencer em casa para forçar um terceiro duelo, novamente em São Paulo.

O Sesi-SP começou melhor e fez 5 a 3. Se aproveitando dos erros dos paulistas, o Ziober/Maringá empatou (6 a 6). O set ficou disputado ponto a ponto. Com um ace do oposto Theo, a equipe da casa abriu dois (13 a 11). O central Riad se destacava nas bolas de velocidade e o Sesi-SP foi para o segundo tempo técnico, com três de vantagem (16 a 13). O treinador Horácio Dileo trocou os ponteiros. Entrou Piá e saiu Renato. A substituição fez bem ao time paranaense que encostou (20 a 19). O Sesi-SP foi melhor no final da parcial e venceu o primeiro set por 25 a 22.

A equipe da casa seguiu melhor no início do segundo set. O central Lucão conseguiu uma boa sequência de saques e o Sesi-SP fez 7 a 3. O Ricardinho jogava com velocidade e o Ziober Maringá encostou (14 a 12). Bem no bloqueio, o Sesi-SP abriu quatro (20 a 16). O treinador da equipe paranaense, Horacio Dileo, pediu tempo. Mesmo com a paralisação, o time paulista levou a melhor no segundo set por 25 a 19.

Antes do início do terceiro set, um apagão fez com que o ginásio da Vila Leopoldina ficasse sem luz e o Ziober/Maringá voltou melhor e fez 8 a 6. Bem no saque, o Sesi-SP cresceu de produção e virou o marcador (12 a 10). O time da casa segurou o resultado e foi para o segundo tempo técnico com dois de vantagem (16 a 14). O Sesi-SP segurou uma reação do Ziober Maringá e venceu o set por 25 a /23.

“Estamos com a confiança maior para o próximo jogo em Maringá depois da vitória de hoje. Pelas parciais dá para ver que o jogo foi parelho. Conseguimos a vantagem, mas sabemos que nada está decidido. O Ziober Maringá vai jogar em casa e eles terão um grande apoio da torcida. Temos que seguir focados e treinando forte”, disse o ponteiro Lucarelli.

“Não foi o resultado que esperávamos, mas as parciais mostram que foi um jogo equilibrado. Temos uma semana para ajustar o nosso jogo e diminuir o número de erros que tivemos, que não podem acontecer”, afirmou o líbero Tiago Brendle. 

“A nossa Torcida Ziober hoje foi sensacional e só temos a agradecer a todos que compareceram. A série ainda está aberta, semana que vem o jogo é no ginásio Chico Neto e espero ver o ginásio lotado para nos apoiar e conseguirmos a vitória. Erramos em jogadas pontuais, mas não podemos nos lamentar. Vamos trabalhar forte para que possamos melhorar”, disse o ponteiro Diogo, ao falar dos torcedores que foram até São Paulo de ônibus.

Equipes:

Sesi-SP:
Marcelinho, Theo, Lucarelli, Maurício Borges, Riad, Lucão e Serginho (líbero)
entraram: Thiaguinho e Mão
Técnico: Marcos Pacheco

Ziober/Maringá: Ricardinho, Rivaldo, Diogo, Renato, Mudo, Bomba e Tiago Brendle (líbero)
entraram: Piá, Gelinsk, Luan e Matheus
Técnico: Horácio Dileo

foto: Lucas Dantas / Sesi-SP Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário