domingo, 29 de março de 2015

(Superliga B) Sada/Unifemm vence de novo Sesi-SP/Juvenil e vai para final

No terceiro jogo entre as equipes pela semifinal da Superliga B, o Sada/Unifemm derrotou o Sesi-SP/Juvenil por 3 sets a 1, parciais de 25/18, 21/25, 25/19 e 25/18, em Sete Lagoas. O resultado fez o time celeste fechar a serie em 2 a 1, de virada, e garantir um lugar na decisão, que ocorre no próximo dia 4, diante do Bento Vôlei/Isabela, no Rio Grande do Sul.

Decisivo, o duelo começou bastante equilibrado, com as equipes disputando ponto a ponto. O Sesi-SP/Juvenil passou à frente no tempo técnico, com um bom trabalho na virada de bola, fazendo 8 a 7, e chegou a abrir quatro de vantagem, em 13 a 9. Mas o saque do Sada/Unifemm passou a entrar e, com o bloqueio funcionando e aproveitando os contra-ataques, os azuis viraram em 14 a 13, em um inteligente ataque de Gabriel. Os anfitriões seguiram melhores e dispararam no placar, abrindo 23/18 com ponto de bloqueio e fechando a etapa em 25 a 18, em erro de ataque dos paulistas.

No segundo set, o treinador Gerson Amorim promoveu a entrada do ponteiro Rodrigo no Sesi-SP/Juvenil e a mudança surtiu resultado. O poder ofensivo da sua equipe cresceu e os visitantes abriram 4 a 1. Porém, o bloqueio estrelado voltou a tocar e o time se organizou novamente para aproveitar os contra-ataques e passar à frente com ace de Rodriguinho em 9 a 8. O jogo seguiu muito equilibrado, com as equipes alternando na liderança do placar, mas sempre com a diferença mínima. Com dois grandes bloqueios consecutivos, os paulistas abriram vantagem pela primeira vez em 23 a 20 e, subindo o paredão novamente, fecharam em 25 a 21.

Foi o bloqueio o fundamento que deu ao Sesi-SP/Juvenil três pontos consecutivos e a vantagem de 5 a 1 no placar no início do terceiro set. Então foi a vez de Henrique Furtado mexer no Sada/Unifemm e colocar em quadra o oposto Moreno. A reação azul começou ali e o time virou em 7 a 6 em um lindo bloqueio duplo de Romulo e Lucas Salim. A vantagem virou 10 a 6 com novo bloqueio de Rodriguinho. E os cruzeirenses continuaram melhores na virada de bola, impondo seu ritmo e ampliando a vantagem em 20 a 15 antes de vencer a etapa por 25 a 19.

O quarto set começou com um incrível bloqueio de Éder Levi, já mostrando como seria a tônica da parcial. Impecável, a Raposa abriu 6 a 1 com ace do capitão Éder e a torcida fez a festa nas arquibancadas. Impondo um ritmo muito forte em quadra, os cruzeirenses não permitiam uma reação do time visitante e seguiam ampliando a vantagem no placar, que chegou a ser de nove pontos no segundo tempo técnico. Moreno marcou um ace aos 19 a 8, e os celestes tiveram tranquilidade para administrar a vantagem até encerrarem o confronto em 25 a 18.

“A gente trabalhou muito e vem treinando pesado, por isso o resultado tem vindo. Vamos encarar um time mais experiente agora, vai ser um jogo duro, ainda mais por ser final. Temos que entrar focados, concentrados, e tem de tudo para ser um grande confronto. Com os acontecimentos do ano passado, dá mais vontade ainda de disputar essa decisão. A maior parte do nosso elenco esteve naquela campanha e a gente não pôde experimentar aquele gostinho, mas este ano vamos com tudo”, avisou o capitão e central Éder Levi.

“Nós conquistamos pelo segundo ano consecutivo, dentro da quadra, a possibilidade de disputar a final. E jogando um voleibol muito convincente, de grande nível, pelo segundo ano seguido. Isso é o fruto de um trabalho de todos, dos jogadores se dedicaram muito para estar nesta final e de um grupo que trabalhou suficiente para merecer chegar até aqui. O que aconteceu ano passado já passou e temos que olhar pra frente, para essa nova possibilidade que conquistamos. Estamos muito felizes pelo envolvimento de todo mundo, da comissão técnica do adulto e dos nossos atletas. Agora vamos buscar aquilo que é o nosso objetivo desde o primeiro dia: o título”, disse o treinador Henrique Furtado.

Equipes:

Sada/Unifemm: Lucas Salim, Alan, Rodriguinho, Gabriel, Éder Levi, Romulo e Vanderson (líbero)
entraram: Henrique Adami, Moreno e Bruno
Técnico: Henrique Furtado

Sesi-SP/Juvenil: Jonatan, Alan, Fabio, Douglas Souza, Pilan, Douglas Bastos e Pureza (líbero)
entraram: Roese, Vaccari, Rodrigo, Luan e Douglas Bastos
Técnico: Gerson Amorim

foto: Renato Araújo/Sada/Divulgação

Nenhum comentário:

Postar um comentário