terça-feira, 24 de março de 2015

Alexandre Rivetti deixa o comando do São José dos Campos

Em sua primeira participação na Superliga, São José dos Campos acabou na 11ª posição, apenas na frente de São Bernardo, resultado considerado abaixo do que a diretoria do clube esperava quando iniciou a edição 2014/2015 da competição. Alexandre Rivetti, que assumiu a equipe no início de novembro após saída do técnico Reinaldo Bacillieri, acabou conquistado os Jogos Abertos do Interior, mas não será o comandante do time na próxima temporada.

“A Superliga foi um aprendizado. Estreamos na maior competição do voleibol nacional com uma estrutura mínima, mas sofrendo a mesma cobrança que sofrem times veteranos. Nossa meta era ousada, mesmo assim, acredito que valeu muito o aprendizado e Rivetti foi de extrema importância nesse processo. Por isso o São José Vôlei só tem a agradecer todo seu empenho”, declarou o gerente da equipe, Fernando Basílio.

“Agradeço aos gestores do São José, jogadores e comissão técnica pela disposição durante a temporada. Fizemos grandes jogos, demos o nosso melhor, mas, infelizmente, não alcançamos nossa meta. Espero que para a próxima temporada o projeto se fortaleça, que patrocinadores venham e que a prefeitura continue investindo. Tenho certeza que o São José tem condições de montar um grande time. Agradeço também à torcida que esteve sempre presente, aplaudindo e torcendo, independente dos resultados”, disse Alexandre Rivetti.

Atualmente, o elenco segue em treinamento aguardando a posição da Confederação Brasileira de Vôlei sobre um quadrangular ou hexagonal entre os últimos colocados da Superliga e os primeiros da Superliga B para disputar vagas na elite do campeonato. A CBV só deve se pronunciar a respeito quando as duas competições estiverem encerradas.

foto: Tião Martins/PMSJC

Nenhum comentário:

Postar um comentário