terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

(Superliga) Montes Claros perde para Minas Tênis, mas ainda segue na briga

Pela 10ª rodada do returno da Superliga 2014/2015, o Montes Claros perdeu para o Minas Tênis Clube por 3 sets a 1, parciais de 32/30, 12/25, 21/25 e 22/25, no ginásio Tancredo Neves. Com o resultado, o Pequi Atômico segue na oitava posição, com 26 pontos, e ainda com chances de ficar com uma vaga nos playoffs (luta com Voleisul e UFJF) pela última vaga, enquanto o time de Belo Horizonte aparece na quinta colocação, com 40 pontos ganhos.

No primeiro set, as duas equipes erraram demais, porém houve equilíbrio entre elas. De um lado o cubano Escobar virada as bolas para o Minas Tênis, enquanto do outro era Edinho quem fazia a diferença para o Montes Claros. No final da parcial, os donos da casa levaram a melhor e venceram por 32 a 30. No segundo set, Os donos da casa reclamaram demais dos erros de arbitragem e se descontrolaram em quadra, deixando que os visitantes fizessem incríveis 12 a 25.

Na sequência da partida, o Montes Claros até se recuperou e equilibrou as ações no terceiro set, mas novamente alguns problemas relacionados a arbitragem (que também agitaram a torcida) fizeram o time perder o foco nos momentos decisivos, algo que facilitou a vida do Minas Tênis que fechou em 21 a 25. No quarto set, os visitantes mantiveram a mesma pegada, co destaque para o jovem Franco, que fez sete pontos de ataque, o que ajudou o time de Belo Horizonte a fechar o jogo em 22 a 25.

“Sempre quando jogamos partidas fora de casa, os árbitros são de outros estados. Em nossa casa os árbitros são caseiros. Qual é a explicação disso? Gera rivalidade, fica difícil e parece que quando a gente recorre a situação se volta contra a gente”, desabafou o treinador Marcelinho Ramos.

No próximo sábado, ás 21h30min, as duas equipes voltam a quadra para a rodada final da fase classificatória. O Minas Tênis Clubes encara o Voleisul/Paquetá Esportes, no ginásio da Sociedade Ginástica de Novo Hamburgo, enquanto o Montes Claros terá pela frente o Brasil Kirin, no ginásio Tancredo Neves.

Equipes:

Montes Claros: Edinho, Salsa, Polaco, Acácio Ceará, Rodriguinho e Ezinho (líbero)
entraram: Túlio, Pedrão, Cléber, Leo e Índio
Técnico: Marcelinho Ramos

Minas Tênis Clube: Everaldo, Samuel, Canuto, Escobar, Otávio, Flávio e Lucianinho (líbero)
entraram: Franco, João e Felipe
Técnico: Nery Tambeiro

foto: Fredson Souza/MCV

Nenhum comentário:

Postar um comentário