sábado, 7 de fevereiro de 2015

(Superliga) Em duelo direto, Canoas pega velhos conhecidos no Montes Claros

Neste sábado, às 18h, o Canoas Vôlei encara o Montes Claros, no ginásio La Salle, pela 9ª rodada do returno da Superliga 2014/2015, em um duelo onde reencontra velhos conhecidos. Atualmente na oitava posição, com 25 pontos, o time gaúcho quer vencer para subir na tabela e se firmar no G-8, assim como a equipe mineira, que hoje tem 26 pontos e está no sétimo lugar.

Vencer o duelo significa para o Canoas Vôlei ultrapassar o adversário na briga por uma vaga nos playoffs. Entretanto, do outro lado estão velhos conhecidos do time gaúcho, casos do técnico Marcelinho Ramos e do central Salsa que estiveram na equipe nas últimas temporadas. Mesmo assim, o objetivo é garantir os três pontos após duas derrotas seguidas (Sesi-SP e Sada/Cruzeiro). O técnico Marcos Miranda não tem desfalques no time titular. Jardel, recuperado da lesão no joelho, atuou em alguns minutos contra o Sada Cruzeiro e está à disposição. Já o ponteiro Roberto Minuzzi, ainda sem ritmo, não deve ser opção no banco de reservar apesar da recuperação clínica.

“Conhecendo Marcelinho, sei que vai pedir um ritmo de jogo alto. Como nós, eles estão lutando para entrar entre os oito e ficar em uma posição mais cômoda na tabela. São três pontos importantes, diretos, não apenas na classificação, mas principalmente porque nos deixarão em posição mais confortável e talvez nos facilite nos cruzamentos das quartas-de-final”, avaliou o oposto Dennis.

Pelo lado do Montes Claros, a vitória sobre o São Bernardo, fora de casa, foi importantíssima, já que o time terá três duelos complicados na sequência, a começar pelo Canoas Vôlei, no Rio Grande do Sul. Para conseguir pontos longe de seus domínios, o time mineiro conta com o retorno do oposto Edinho, recuperado de lesão.

“Eu vinha de uma sequência boa de jogos, me sobressaia bem e vinha ajudando a equipe da melhor maneira possível (...) Do lado de fora, tentamos ajudar na medida do possível, dando apoio, dando força. Mas agora, graças a Deus, estou conseguindo voltar aos poucos”, disse Edinh

“A gente trabalha um jogo de casa vez e o próximo passa a ser o mais importante”, declaro o técnico Marcelinho Ramos, que depois do Canoas pega Minas Tênis Clube e Brasil Kirin antes de encerrar a fase classificatória.

Equipes:


Canoas Vôlei: Evandro, Dennis, Gustavo, Tiago Barth, Quiroga, Alê e Jeffe (líbero)
Técnico: Marcos Miranda

Montes Claros: Polaco, Léo Mello, Salsa, Pedrão, Rodriguinho, Cléber e Ezinho (líbero)
Técnico: Marcelinho Ramos

foto: Matheus Beck/Canoas Vôlei

Nenhum comentário:

Postar um comentário