(Superliga) Sada/Cruzeiro supera Ziober/Maringá e segue firme na ponta

O Sada/Cruzeiro manteve sua boa fase e venceu o Ziober/Maringá por 3 sets a 0, parciais de 25/21, 25/10 e 25/23, no ginásio do Riacho, pela 6ª rodada do returno da Superliga 2014/2015. Com o resultado, o time de Contagem chegou aos 47 pontos e manteve a liderança da competição, enquanto a equipe paranaense caiu para o sétimo lugar, com 23 pontos ganhos.

O Ziober/Maringá abriu o placar do jogo com o ponteiro Renato. O Sada Cruzeiro respondeu pontuando e, com bom volume de jogo, as equipes estiveram empatadas em 3 a 3. No bom saque de Wallace, o time da casa fez 5 a 4. O jogo permaneceu equilibrado e, com Leal, os cruzeirenses fizeram 8 a 7. Com Renato duas vezes seguidas, o Ziober assumiu o comando do placar: 9 a 8. Os times seguiram trocando pontos e no ace de Wallace, o Cruzeiro fez 12 a 11. E foi em um bom saque, desta vez de Ricardinho, que o Maringá fez 14 a 13. Após muito equilíbrio, Leal conseguiu bom saque e o Sada/Cruzeiro abriu três (20 a 17) e forçou Horacio Dileo a pedir tempo. A partir deste momento, o time da casa dominou o marcador e fez 25 a 21.

Embalado, o Sada/Cruzeiro voltou melhor para o segundo set e fez 4 a 2. O placar seguiu com dois a favor do time mineiro 7 a 5 e 8 a 6. Diferente do primeiro set, quando prevaleceu o equilíbrio, nesta parcial o time da casa abriu vantagem e fez 12 a 7. Em grande passagem de Leal pelo saque e, contando com erro do adversário, a equipe cruzeirense chegou a 18 a 8. Com ampla vantagem, o Sada/Cruzeiro manteve o bom ritmo e quando fez 20 a 9, o adversário pediu tempo. De forma mais tranquila, o grupo mineiro fechou em 25 a 10.

Depois de sair melhor no início do terceiro set, o Sada/Cruzeiro viu o Ziober/ Maringá virar o placar em 5 a 4 no ace do central Matheus. Novamente com equilíbrio, assim como na primeira parcial, a terceira esteve empatada em 12 a 12. Com o ponteiro Piá recebendo e atacando, o time paranaense assumiu o comando do placar (13 a 12). Com o cubano Leal em noite inspirada, o Sada/Cruzeiro voltou a estar na frente em 17 a 16. A diferença se manteve em apenas um ponto: 19 a 18 para o time mineiro e, depois, 20 a 19 para a equipe paranaense. A reta final do set foi bastante disputada (22 a 22), mas o Sada/Cruzeiro fechou em 25 a 23.

“Para vencermos, temos que ter sacrifício e treino todos os dias. Hoje, me senti muito bem na partida, depois de uma que não estive bem. Fiquei muito concentrado e estou muito feliz por mim e por todo o time, já que melhoramos muito depois do jogo contra Taubaté”, disse o ponteiro Leal.

“O time teve uma melhora grande em relação à última partida e jogamos muito bem. Esperamos continuar da mesma forma, crescendo a cada jogo. Temos que seguir por esse caminho”, analisou o técnico Marcelo Mendez.

“Jogamos com uma equipe muito qualificada. Quando eles estão na frente e o saque entra, é quase impossível de vencê-los. O Leal e o Isac sacaram muito e todos os outros, como william e Filipe, também. Nos não conseguimos pará-los e nos, nos momentos decisivos, baixamos a guarda. Contra um time como o Sada Cruzeiro, isso não pode acontecer”, afirmou o ponteiro Diogo.

No próximo sábado, às 17h, o Sada/Cruzeiro irá ao ABC Paulista enfrentar o São Bernardo, no ginásio Adib Moysés Dib. No mesmo dia, às 19h, o Ziober/Maringá encara o Montes Claros, no ginásio Tancredo Neves.

Equipes:

Sada/Cruzeiro: William, Wallace, Éder, Isac, Filipe, Leal e Serginho (líbero)
entraram: Fernando e PV
Técnico: Marcelo Mendez

Ziober/Maringá: Ricardinho, Rivaldo, Bomba, Mudo, Renato, Diogo e Tiago Brendle (líbero)
entraram: Piá, Luan, Gelinski, Matheus e Ricardo
Técnico: Horario Dileo

foto: Renato Araujo/Sada/Cruzeiro/Divulgação

Comentários