(Superliga) Sada/Cruzeiro fecha 2014 vencendo Montes Claros

Na última partida da Superliga em 2014, o Sada/Cruzeiro venceu Montes Claros por 3 sets a 1, parciais de 23/25, 25/16, 25/22 e 25/21, no ginásio Tancredo Neves, pela 2ª rodada do returno. Com o resultado, o time celeste alcançou 36 pontos e segue firma na liderança, enquanto a equipe comandada por Marcelinho Ramos parou nos 15 pontos e caiu para o oitavo lugar.

O Montes Claros iniciou a partida com vantagem de 8 a 6, com um bloqueio de Edinho em Leal. O time da casa seguiu com uma defesa bem posicionada, mas foi com um erro de ataque de Edinho que os cruzeirenses empataram em 12 a 12. Na segunda parada técnica, o sediante já estava com dois pontos à frente novamente, com o Sada/Cruzeiro cometendo mais erros, e, com isso, viu o adversário fazer 25 a 23.

Os cruzeirenses voltaram com ânimo diferente no início do segundo set, trabalhando melhor no saque, e fazendo 8 a 5 no primeiro tempo técnico. Com ritmo acelerado, o Sada/Cruzeiro seguiu virando muito bem os contra-ataques e, com uma boa defesa, já anotava 16 a 10 na parada seguinte. A vantagem aumentou para 21 a 14 e, para fechar, Éder marcou 25 a 16 com um bloqueio no oposto Léo.

O saque fez a diferença mais uma vez para o time azul no começo do terceiro set, com aces de Isac e Wallace, abrindo 7 a 4. O MOC reagiu também com uma variação no serviço, dificultando a recepção celeste, e virando em 9 a 8. A parcial seguiu bem disputada, ponto a ponto, mas na segunda parada técnica os cruzeirenses retomaram a liderança do placar, com 16 a 14. Nesse momento, Isac marcou dois bloqueios seguidos em Edinho e confirmou a vantagem azul. O Montes Claros ainda esboçou uma reação no fim do set, mas o Sada/Cruzeiro fechou em 25 a 22.

O quarto set começou com duas defesas espetaculares do líbero Serginho, em um grande rali da partida. O bom ritmo dos cruzeirenses continuou durante toda a etapa e o time anotava 16 a 12 no placar do segundo tempo técnico. E, mais uma vez trabalhando bem na virada de bola, o oposto PV marcou 25 a 21 e fechou a partida para os líderes celestes.

“Nosso time está bem. O Montes claros deu uma crescida grande nesta fase da competição. Nós sabíamos que teríamos que trabalhar duro para ganhar deles. Foi um bom jogo. Agora vamos tratar de descansar para voltar no mesmo ritmo em janeiro”, declarou o técnico Marcelo Mendez.

“Jogar em Montes Claros sempre é muito difícil. A torcida apoia muito, principalmente contra o nosso time, por ser um clássico mineiro. Para nós é muito importante essa manutenção do primeiro lugar na tabela antes do Natal. O foco é muito difícil nesse período, pois todos já estão se mobilizando para Natal, Reveillon. Nós vamos ter uma folga um pouco mais longa. E foi bom a gente conseguir manter essa primeira colocação, não tirar o pé do acelerador, não vacilar, principalmente neste momento crucial da tabela para nós”, disse o líbero Serginho.

“Uma coisa que ficou nítida foi a quantidade de erros de saque. Com isso, nosso time não conseguiu crescer durante o jogo, mas no decorrer do campeonato vamos analisar o que vem acontecendo. Nossa equipe esta de parabéns. Sabíamos que seria difícil jogar contra o Sada/Cruzeiro e infelizmente não deu”, comentou o oposto Edinho.

Agora, os jogadores e a comissão técnica do Sada/Cruzeiro vão aproveitar o recesso de fim de ano e só voltam a quadra no dia 8 de janeiro, às 20h30min, para enfrentar a Voleisul/Paquetá Esportes, em Novo Hamburgo. Já Montes Claros joga no dia 4 de janeiro, às 18h, contra a UFJF, pela Copa Brasil.

Equipes:

Sada/Cruzeiro: William, Wallace, Filipe, Leal, Isac, Éder e Serginho (líbero)
entraram: PV, Fernando Cachopa e Kadu
Técnico: Marcelo Mendez

Montes Claros: Rodriguinho, Edinho, Polaco, Ceará, Pedrão, Salsa e Ezinho (líbero)
entraram: Índio, Léo e Cléber Mineiro
Técnico: Marcelinho Ramos

foto: Fredson Souza/MCV

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fabiano Magoo convoca jogadores para a Seleção Brasileira Sub-19

Apan/Blumenau contrata Thiago Alves e confirma sete renovações

CBV divulga tabela oficial da Superliga B com estreia no dia 24 de janeiro