Marcelo Fronckowiak é demitido Dínamo Krasnodar

Não é apenas o voleibol brasileiro que está imitando o futebol. Nesta semana, o técnico Marcelo Fronckowiak foi pego de surpresa ao ser demitido pela diretoria do Dínamo Krasnodar. Contratado em julho passado, ele não resistiu a eliminação na segunda fase da Copa da Rússia, porém na primeira fase da competição, ele conquistou dez vitórias consecutivas, fazendo uma campanha no mínimo interessante.

“A justificativa foi falta de resultado. Nunca falaram mal do meu trabalho, pelo contrário. Falaram que poderíamos estar numa classificação melhor e que deveriam fazer algo, e que o mais fácil era mudar o treinador. O assistente assume o time e o manager se torna auxiliar. Estou bastante triste com essa situação inédita para mim, mas tentei dar o meu melhor e vesti a camiseta. Enfim, não deu certo. Acredito que a barreira da língua tenha pesado também, apesar de vários jogadores falarem inglês, nunca é igual quando frequentemente precisamos de tradutores”, afirmou Marcelo Fronckowiak, em entrevista ao globoesporte.com.

Marcelo Fronckowiak, que tem no currículo o pentacampeão da Superliga, sendo três títulos como jogador (1994/1995,1997/1998 e1998/1999) e dois como técnico (2002/2003 e 2012/2013), ainda não recebeu nenhuma proposta para voltar ao Brasil. Entretanto, ele em breve estará no país e tem interesse de retomar o voleibol no Rio de Janeiro, que após a extinção de RJX e Volta Redonda, está sem representantes na Superliga A e B.

foto: Reprodução / Facebook

Comentários