Conhecendo as equipes da Superliga B: Sada/Unifemm

Destaque na última edição da Superliga B, mais uma vez o Sada/Cruzeiro terá uma equipe disputando a competição, com atletas das categorias infanto e juvenil. Com o nome de Sada/Unifemm, a equipe é uma parceria do clube com o Centro Universitário de Sete Lagoas, que pretende repetir o sucesso que teve a cidade de Contagem na última temporada.

Em 2014, o Sada/Contagem surpreendeu a todos com uma brilhante campanha e garantiu a vaga na final do torneio nacional, em março deste ano. O time só não disputou a decisão contra o São José dos Campos por causa de uma ação da Voleisul/Paquetá Esportes (eliminado na semifinal pelos mineiros) que acabou aceita pelo STJD. Na ocasião, alguns jogadores atuaram pela equipe e também pelo Sada/Cruzeiro, o que este ano está explicitamente proibido.

“Nosso objetivo é oferecer a oportunidade desses garotos jogarem um torneio nacional. É uma competição que oferece muita experiência e ajuda na formação dos nossos jovens atletas. Eles serão testados e podem colocar em quadra tudo o que vêm aprendendo nos treinamentos. Para nós é muito importante oferecer esta oportunidade a eles, incrementando todo o trabalho feito com as categorias de base. Em Contagem nós já sediamos as partidas do time adulto. Escolhemos Sete Lagoas, como uma tentativa de abrir mais um centro para o voleibol e divulgar a modalidade também em outras cidades mineiras, prestigiando os torcedores do Cruzeiro na região”, afirmou o diretor esportivo do Sada/Cruzeiro, Flávio Pereira.

O Sada/Unifemm, que sediará a maior parte de seus jogos na cidade de Sete Lagoas, apesar de ter um elenco jovem chega forte a Superliga B, pois no decorrer de 2014 as categorias de base do Sada/Cruzeiro chegaram às finais de todos os sete torneios disputados, garantindo cinco títulos. Vale destacar que no último final de semana, a equipe fez dois amistosos contra o Sesi-SP/Juvenil (que vai estar na competição) e venceu por 4 sets a 0 e 3 sets a 1, no CT do Barro Preto.

A estreia do Sada/Unifemm ocorre no dia 24 de janeiro, às 17h, contra o Foz do Iguaçu, em Sete Lagoas. 

Análise do time

Ponto forte: A estrutura do Sada/Cruzeiro estará toda à disposição dos jovens atletas que estão acostumados a treinar com o profissional.

Ponto franco: O Sada/Unifemm não é mais novidade para ninguém e se na edição passada foi a grande surpresa, agora todos estarão ligados.

Olho nele: Com grande potencial, mas sem chances no time profissional, o ponteiro Leozinho tem tudo para se destacar na equipe B.

Aposta Espaço do Vôlei: Se Marcelo Mendez liberar o central Eder Levi e principalmente o levantador Lucas Salim, a equipe pode ir longe.

foto: Renato Araújo/Divulgação/Sada/Cruzeiro

Comentários