(Superliga) Montes Claros duela contra o fortíssimo Sesi-SP

Nesta quarta-feira, às 19h30min, o Montes Claros recebe o Sesi-SP, no ginásio Tancredo Neves, pela 1ª rodada da Superliga 2014/2015. Depois de uma campanha fraca no Campeonato Mineiro, que culminou na troca de treinador, o Pequi Atômico tenta iniciar bem a competição nacional. Já os comandados de Marcos Pacheco querem esquecer a derrota na decisão do Campeonato Paulista – divisão especial e arrancar com vitória.

Depois da saída de Carlos Schwanke e a chegada de Marcelinho Ramos, o Montes Claros chega para a Superliga como sendo um grande ponto de interrogação. Jogadores foram contratados com a indicação do treinador anterior e todos acreditam que o entrosamento e estilo de jogo do novo comandante só será empregado no decorrer da competição.

“Estamos evoluindo consideravelmente. A equipe está se entendendo bem e acreditamos em um bom resultado. Vai ser difícil, mas devemos jogar por nossos méritos (...) Respeitamos muito o Sesi-SP, mas também estamos confiantes no nosso trabalho. Queremos resgatar a torcida de Montes Claros nessa temporada e os torcedores são muito importantes para o nosso projeto. Esperamos fazer um bom jogo (...) A Superliga será muito equilibrada. Vejo cinco equipes favoritas ao título. O Montes Claros está em um segundo grupo, mas estamos com muita vontade de trabalhar e vamos buscar a classificação para os playoffs”, disse o treinador Marcelinho Ramos.

“Ainda não estamos no nosso ideal mas estamos evoluindo neste sentido. A chegada do Marcelinho (Ramos) foi crucial, pois ele cobra sempre o nosso melhor e estamos melhorando com isso. Esperamos também contar com o apoio da nossa torcida, que é sempre importante para dar um gás a mais ao time, declarou o levantador Rodriguinho.

Pelo lado do Sesi-SP, a derrota para a Funvic/Taubaté doeu na final do Estadual, porém o momento é de esquecer isso e pensar exclusivamente na Superliga. Com um elenco que tem nomes do calibre de Lucão, Lucarelli, Murilo e Serginho, não existe como não apontar a equipe paulista como uma das favoritas ao título. A grande questão fica em saber do rendimento de jogadores contratados para dar novo gás ao clube, casos do levantador Marcelinho e do oposto Théo.

“O nosso objetivo é chegar, mais uma vez, à final da Superliga. Sabemos que esse campeonato será muito competitivo. A Funvic/Funvic reforçou o grupo e montou um time forte. O Sada/Cruzeiro, o Brasil Kirin, o Ziober/Maringá e Canoas Vôlei também seguem com grandes elencos, além de outras boas equipes. O Paulista foi importante para a formação do nosso grupo e vamos lutar para conseguir nosso objetivo”, afirmou o técnico Marcos Pacheco.

“Tenho uma responsabilidade grande de ajudar os atletas mais jovens nesse começo de carreira, que é difícil e competitiva. Já com os jogadores renomados, com a minha experiência, posso ajudar a dar uma equilibrada em momentos tensos e decisivos da partida. E vou buscar estar próximo do Pacheco e ser um porta-voz da equipe para a comissão técnica”, disse o levantador Marcelinho. 

Equipes:


Montes Claros
: Rodriguinho, Léo Mello, Ceará, Polaco, Acácio, Pedrão e Gian (líbero)
Técnico: Marcelinho Ramos

Sesi-SP: Marcelinho, Théo, Douglas, Lucarelli, Lucão, Riad e Serginho (líbero)
Técnico: Marcos Pacheco

foto: Fredson Souza/MCV

Comentários