(Superliga) Em Novo Hamburgo, Brasil Kirin derrota Voleisul

Em um jogo bem disputado, o Brasil Kirin derrotou o Voleisul/Paquetá Esportes por 3 sets a 1, parciais de 25/19, 17/25, 25/22 e 25/23, no ginásio da Sociedade Ginástica de Novo Hamburgo. Com o resultado, a equipe de Campinas mostrou que a eliminação nas semifinais do Campeonato Paulista – divisão especial ficou para trás, enquanto o time gaúcho teve momentos de altos e baixos, nada mais normal, que uma equipe estreante na competição.

Mesmo jogando fora de casa, o time de Campinas não se intimidou e começou bem o primeiro set, indo para o primeiro tempo técnico com uma vantagem: 8 a 5. A diferença aumentou quando o Brasil Kirin abriu 16 a 9 no segundo tempo técnico. O oposto Wallace apareceu bem nas jogadas de ataque e ajudou os visitantes a fechar em 25 a 19.

No segundo set, a Voleisul/Paquetá Esportes chegou a abrir 3 a 0 já no início, mas os paulistas buscaram, com o levantador Sandro cadenciando o saque, diminuir a vantagem. Contando com o apoio do torcedor, os gaúchos cresceram na parcial e com destaque para o oposto Leandrão e o ponteiro Japa venceram por 25 a 17 e empataram o duelo em 1 a 1.

No terceiro set, o técnico Alexandre Stanzioni resolveu colocou em quadra o ponteiro João Paulo Tavares, que conseguiu dar mais volume de jogo aos visitantes. As equipes chegando ao empate em 8 a 8 e cada lance era bastante disputado, sendo que o Brasil Kirin conseguiu abrir 15 a 13. A partir daí, o equilíbrio se manteve, mas o central Luizinho se destacando, o time de Campinas chegou à vitória por 25 a 22.

Depois de um início equilibrado no quarto set, o Brasil Kirin, com direito a ace do central Vini, chegou a abrir quatro pontos de vantagem: 18 a 14. A torcida local fazia a sua parte, vaiando as jogadas dos campineiros e ajudando o Voleisul/Paquetá Esportes a encostar no placar. Entretanto, os visitantes tinha o oposto Wallace, que fez a diferença, e conseguiu ajudar os paulistas a vencerem por 25 a 23.

“Foi um jogo duro, assim como todos os jogos da Superliga vão ser. Sofremos um pouquinho com o calor, mas o importante foi o resultado, conquistamos nosso objetivo de levar a vitória para Campinas. Quem compareceu para acompanhar a partida, assistiu a um belo espetáculo”, afirmou o levantador Sandro.

“Um jogo difícil, não conhecíamos o adversário, mas conseguimos nos arrumar dentro do jogo dentro daquilo que a gente tinha planejado para essa estreia, portanto, um bom resultado fora de casa”, declarou o técnico Alexandre Stanzioni.

“Neste momento, temos que exaltar a capacidade e o poderio do nosso adversário. Sabíamos que seria uma partida muito dura, mas a equipe conseguiu jogar em igualdade. Ganhamos um set, disputamos bem o último. Estamos entrando na disputa, e aos poucos vamos nos colocar no nosso lugar no torneio”, afirmou o treinador Paulo Roese.

O próximo compromisso do Brasil Kirin será contra a Funvic/Taubaté no sábado, às 21h30min, no ginásio do Taquaral. No mesmo dia, às 17h, a Voleisul/Paquetá Esportes encara o Sesi-SP, no Ggnásio da Vila Leopoldina.

Equipes:


Voleisul/Paquetá Esportes: Rafinha, Satiro, Robinho, Hugo, Japa, Leandrão e Rafa (líbero).
entraram: Maurício, Renan e Rafael Franco
Técnico: Paulo Roese

Brasil Kirin: Sandro, João Paulo Bravo, Ary, Gustavão, Luizinho, Wallace e Alan (líbero).
entraram: Michael, Jotinha, João Paulo Tavares e Vini
Técnico: Alexandre Stanzioni

foto: Daniel Nunes

Comentários