Superliga 2014/2015 é lançada oficialmente em São Paulo

Nesta terça-feira, em São Paulo, representantes dos 12 clubes masculinos que disputarão a Superliga 2014/2015 estiveram reunidos para o lançamento oficial da 21ª edição do torneio. Atletas, técnicos e dirigentes de Sesi-SP, Brasil Kirin, Minas Tênis Clube, Canoas, São Bernardo, Ziober/Maringá, UFJF, Funvic/Taubaté, Montes Claros, São José dos Campos e Voleisul/Paquetá Esportes conversaram sobre a competição, que promete ser uma das mais equilibradas dos últimos anos.

“A expectativa é altíssima, já que teremos equipes de nível muito forte. Eu diria que estamos em um pelotão do meio. Para brigar por essas três ou quatro vagas além dos favoritos. O nosso projeto começou o resgate do vôlei gaúcho, e agora temos o Voleisul/Paquetá Esportes, de Novo Hamburgo. O mais importante é retomar as grandes equipes do voleibol gaúcho”, disse o central Gustavo, do Canoas Vôlei.

“O nosso time está amadurecendo. Estamos trabalhando muito bem, com muita seriedade. Jogamos apenas alguns amistosos, vamos atingir um ritmo de jogo ao longo das rodadas. A Superliga é um campeonato muito difícil, não dá para olhar na tabela e dizer que vai ganhar este ou aquele time”, comentou o técnico Horacio Dileo, do Ziober/Maringá.

“Esperamos fazer uma temporada muito boa. A equipe do Sesi-SP é muito forte e tem grandes jogadores. Outros times também se reforçaram, o que vai deixar o campeonato muito equilibrado, e vamos brigar para estar no topo da tabela”, disse o levantador Marcelinho, do Sesi-SP.

“A Superliga é sempre difícil, a cada ano está mais difícil. Esse ano tem o time do Taubaté reforçado, o Sesi-SP, que manteve uma base forte. São vários favoritos, acho que está todo mundo no mesmo nível e espero que algumas coisas façam a diferença como fizeram no último ano, principalmente o nosso entrosamento”, afirmou o levantador William, do atual campeão, Sada/Cruzeiro.

“Essa vai ser mais uma Superliga muito equilibrada, onde teremos várias equipes com chances de brigar pelo título. O Brasil Kirin vem muito forte e está bem entrosado, além de contar com peças importantes. Esperamos fazer uma boa campanha e chegar às finais”, comentou o também levantador Sandro, da equipe de Campinas.

Confira os primeiros jogos:

25/10 (sábado)
17h - Minas Tênis Clube x UFJF, na Arena Minas

28/10 (terça-feira)
19h30min – Ziober/Maringá x São Bernardo, no Chico Neto

29/10 (quarta-feira)
19h30min – Montes Claros x Sesi-SP, no Tancredo Neves
19h30min – Voleisul/Paquetá Esportes x Brasil Kirin, na Sociedade Ginástica
20h – Funvic/Taubaté x Minas Tênis Clube, no Abaeté

30/10 (quinta-feira)
21h - São José dos Campos x Sada/Cruzeiro, na Basílica, em Aparecida do Norte

01/11 (sábado)
18h – Canoas/Vôlei x Ziober/Maringá, no La Salle

foto: Alexandre Arruda/CBV

Comentários

  1. vai ser transmitido os jogos, ou ainda continua a mesma politicagem de sempre.Manda quem pode e os subordinados obedecem.... SportTV, que manda no espetaculo e passa ao vivo quando quer, como aconteceu com o Mundial de volei feminino que foi cortado na entrega das premiações por causa do FUTEBOL......E os telpectadores que se danem....Se assim for até quando vai continuar este monopolio....????????

    ResponderExcluir

Postar um comentário