(Liga Mundial) Brasil perde para o Irã e vai encarar a Itália na semifinal

A Seleção Brasileira entrou em quadra classificada para a semifinal da Liga Mundial, porém em um duelo equilibrado acabou superada pelo Irã por 3 sets a 1, parciais de 21/25, 19/25, 25/23 e 26/28, no ginásio Nelson Mandela, em Florença. Com o resultado, a equipe de Bernardinho vai buscar uma vaga na decisão diante da a Itália, neste sábado, às 15h30min (horário de Brasília), enquanto os iranianos encaram os Estados Unidos, às 12h30min (horário de Brasília), na outra disputa semifinal. As duas partidas serão transmitidas pelo Sportv.

O Brasil começou com duas alterações em relação ao primeiro jogo da Fase Final: Éder no lugar de Sidão e Lucas Lóh no de Murilo. No primeiro ponto do jovem ponteiro, a equipe verde e amarela fez 3 a 2. Com dois pontos consecutivos de saque de Lucão, o placar foi para três de vantagem: 8 a 5. O time iraniano, então, reagiu e passou a frente em 15 a 14. Depois de bom saque do levantador Raphael, o Irã errou e o Brasil voltou a assumir o comando do marcador: 17 a 16. A reta final do set voltou a ser equilibrada, com os iranianos na frente em 21 a 20. Contando com erros do Brasil, o adversário esteve em boa vantagem em 24 a 20. No final, vitória do Irã por 25 a 21.

O segundo set começou equilibrado. No ace de Wallace, o Brasil fez 7 a 6. Mas o Irã buscou e passou a frente, colocando três de vantagem: 12 a 9. No ponto de ataque do levantador, a seleção iraniana fez 16 a 13. A seleção brasileira mexeu, fez a inversão com os levantadores e opostos, com Vissotto e Raphael em quadra, mas o Irã manteve o ritmo e a vantagem (21 a 18). Quando o adversário chegou a 23 a 19, Bernardinho pediu tempo. Mas a equipe do Irã seguiu melhor e, embalada pela torcida, fechou em 25 a 19.

No começo do terceiro set, com ponto de saque de Éder, o Brasil fez 3 a 2. A equipe verde e amarela seguiu no comando do placar (7 a 6) e (9 a 8). Com Lucarelli, o time de Bernardinho colocou três de vantagem: 14 a 11. Neste momento, o Irã pediu tempo. O Brasil continuou melhor e no bloqueio de Lucas Loh marcou 18 a 15. O jogo apertou e o Irã encostou em 20 a 19. Com ace de Bruninho, o placar foi para 23 a 19. O time verde e amarelo manteve a dianteira e fechou em 25 a 23.

A seleção brasileira começou o quarto set com Raphael e Vissotto e abriu o placar com bloqueio de Lucarelli. O time adversário manteve um jogo equilibrado, mas, no bloqueio, o Brasil colocou dois de vantagem (5 a 3). O Irã chegou ao ponto de empate em 7 a 7. A equipe brasileira voltou a pontuar bem e fez 12 a 9. A diferença esteve em três pontos quando, com Vissotto, o Brasil fez 17 a 14. Mas, os iranianos não desistiram do jogo e empataram em 19 a 19. Na sequência, passaram a frente: 21 a 20. O final do set foi equilibrado (22 a 22). Quando o placar esteve igual em 24 a 24, o Irã pediu tempo. O jogo seguiu bem disputado. No final, vitória do Irã por 28 a 26.

“Queríamos evitar os erros desde o início do campeonato, já que isso estava fazendo com que perdêssemos muitos jogos. Hoje, isso voltou a acontecer e prejudicou bastante a nossa equipe. Não conseguimos manter um voleibol de alto nível, mas temos que concentrar para a semifinal de amanhã. Vamos estudar bastante e ir com tudo para esse jogo”, destacou o ponteiro Lucarelli.

“Temos dois jogadores importantes que nos preocupavam em função do desgaste, da idade e que precisavam ser poupados, que são o Sidão e o Murilo. Agora, nós estamos com todos os jogadores preparados, prontos e a reação tem que ser boa amanhã”, garantiu o técnico Bernardinho.

Equipes:

Brasil: Bruninho, Wallace, Éder, Lucão, Lucas Lóh, Lucarelli e Mário Jr. (líbero)
entraram: Leandro Vissotto, Rapha, Rafael Araújo e Douglas
Técnico: Bernardinho

Irã: Marouflakrani, Ghaemi, Mousavi, Gholami, Ghafour, Morzajanpour e Zarif (líbero)
entraram: Mahdavi, Tashakori e Ghara
Técnico: Slobodan Kovac

foto: FIVB/Divulgação

Comentários