Ainda com indefinições, Superliga 2014/2015 pode contar com 13 clubes

Na última terça-feira, no Hotel Bourbon, em São Paulo, ocorreu uma reunião entre representantes de clubes e a Confederação Brasileira com o objetivo de avaliar a Superliga 2013/2014 e encaminhar a próxima edição do torneio. Como forma de se aproximar das equipes e evitar possíveis retaliações, a CBV praticamente confirmou a presença de 13 equipes na Superliga 2014/2015.

A Superliga 2014/2015 teria a principio a participação dos mineiros (Sada/Cruzeiro; Vivo/Minas, UFJF e Montes Claros), dos paulistas (Sesi-SP, Brasil Kirin, São Bernardo, Funvic/Taubaté e São José dos Campos), do gaúcho (Kappesberg/Canoas), do paranaense (Moda Maringá) e dos cariocas (Volta Redonda e RJ Vôlei). Vale destacar que todos esses times foram convidados, mas precisam apresentar certas garantias para jogar o torneio.

No momento, vários clubes se movimentam para montar seus elencos, seja de forma oficial, já anunciando reforços ou realizando negociações nos bastidores. Por outro lado, alguns times esperam por patrocinadores para saber o quanto podem investir e outros ainda buscam parceiros para seguir com o projeto, aliás, neste caso quem mais preocupa é o RJ Vôlei.

A CBV só vai divulgar os clubes participantes da Superliga 2014/2015 apenas em julho ou agosto, porém o certo é que a competição deve voltar a ser disputada com 25 pontos. Na edição passada, o torneio teve instaurado a regra dos 21 pontos, que acabou tendo uma grande rejeição entre a maioria dos clubes e também perante o torcedor.

foto: Divulgação

Comentários