(Superliga) Chegou a hora da grande decisão entre Sada/Cruzeiro e Sesi-SP

Neste domingo, às 10h, o ginásio do Mineirinho, será palco do grande jogo entre Sada/Contagem e Sesi-SP, pela decisão da Superliga 2013/2014. Chegam a final as duas equipes que fizeram as melhores campanhas na fase classificatória e por ter ficado em primeiro, o time mineiro ganhou o direito de atuar em casa. A partida, que teve os ingressos esgotados rapidamente, será transmitida pela TV Globo e pelo Sportv.

Na última semana de preparação, as equipes treinaram desde quarta-feira no ginásio do Mineirinho e finalizaram o trabalho de toda a temporada. No último dia antes da grande decisão, os jogadores buscam diferentes maneiras para tentar reduzir a ansiedade, entretanto, todos garantem muita concentração e um duelo bem disputado. 

“Já fizemos tudo que era necessário e desde ontem (sexta-feira) à noite começou aquele frio na barriga que sabemos que é normal. Concentramos no hotel e o clima já começou a ficar diferente. Eu, particularmente, gosto de jogar vídeo game para distrair a cabeça, mas o pensamento fica a maior parte do tempo no jogo final”, comentou o ponteiro Filipe.

“É difícil. Além de véspera de final, é o último dia da temporada. É diferente. Eu vou continuar no time porque tenho dois anos de contrato, mas não sabemos quem vai seguir com o grupo. Esse foi um ano bem difícil por lesões, não conseguimos ter uma sequência muito grande. Mas não tem muito mistério. Procuro ficar no quarto, concentrado, assistindo um filme ou um seriado”, contou o central Lucão.

Quanto aos treinadores, a última semana foi de ajustes nos times, além de passar mais informações sobre os adversários. Marcelo Mendez e Marcos Pacheco falaram sobre as expectativas para a decisão.

Últimos dias

“A última semana é para manter tudo que foi trabalhado em toda temporada, e usamos esses últimos dias para ajustar detalhes em relação ao Sesi-SP.A véspera da decisão é sempre um pouco diferente, queremos que chegue logo a hora da partida, mas com os anos temos que aprender a lidar com isso também. Temos um grupo experiente e isso é um ponto muito positivo”, disse Marcelo Mendez.

“O time foi construído durante toda a temporada. Se trabalhou sempre com foco em estar na final. Conseguimos, alcançamos esse primeiro objetivo que é estar aqui, e a essência do time está composta. O jogo vai ser decidido em detalhes e talvez esses pequenos pontos faça um time ganhar ou perder. Mas as equipes já estão estruturadas para esse jogo”, disse Marcos Pacheco.

Ponto forte do adversário

“Eles têm um time muito forte, experiente, com jogadores de seleção brasileira e tenho certeza que vai ser uma briga muito forte. Além disso, é um grupo que tem uma sequência boa de saque e trabalha muito bem no sistema de bloqueio e defesa”, elogiou Marcelo Mendez.

“O contexto, o time todo, a harmonia e o padrão de jogo elevadíssimo que eles têm. O Cruzeiro é um time consistente e que já passou por muitas decisões e situações difíceis. Já passaram por isso e sabem como resolver essas situações”, disse Pacheco.

Ponto forte do seu time

“Nosso time saca muito bem e é muito bom no ataque. O volibol moderno começa no saque, o que é um ponto positivo para o nosso grupo, mas sabemos que são muitos os componentes que decidem uma partida”, comentou Mendez.

“Desenvolvemos um padrão e temos um saque muito agressivo, que vai ser importantíssimo nessa final. Temos um time com potencial de bloqueio muito alto e experiente. Todos são acostumados a grandes decisões, a palcos como esse aqui, a situações de torcidas adversas e estresse muito grande”, disse Pacheco.

Equipes:


Sada/Cruzeiro: William, Wallace, Isac, Éder, Filipe, Leal e Serginho (líbero)
Técnico: Marcelo Mendez

Sesi-SP: Sandro, Renan, Murilo, Lucarelli, Sidão, Lucão e Serginho (líbero)
Técnico: Marcos Pacheco

foto: Alexandre Arruda/CBV

Comentários