(Superliga B) Voleisul/Paquetá Esporte e São José dos Campos fazem grande final

Depois de 61 jogos disputados e até julgamento no STJD, a edição 2014 da Superliga B chega ao seu final neste sábado, às 21h30min, quando Voleisul/Paquetá Esportes e São José dos Campos se enfrentam, no ginásio do COCTA. Segunda melhor campanha na temporada regular, o time do Vale do Paraíba leva a vantagem de fazer a decisão em casa, já que os gaúchos terminaram em quarto lugar na primeira fase. A partida terá transmissão do Sportv 2.

A expectativa é de uma final bastante equilibrada, já que no o confronto direto durante a fase de classificação cada equipe venceu uma vez. Curiosamente, o time visitante levou a melhor e pelo mesmo placar nas duas partidas: 3 sets a 2. O certo é que as duas equipes chegam descansas e prontas para fazer mais um jogo longo e disputado, fazendo desta uma final sem favorito.

No São José dos Campos, a possibilidade de fazer a decisão em casa foi vista com bons olhos. O técnico Reinaldo Bacilieri conhece muito bem o elenco que tem nas mãos e tenta passar para os jogadores a importância de conquistar esse título e a vaga para a elite nacional. Vale destacar a experiência do central Everton e a qualidade no passe transmitida pelo líbero Túlio, que deixa a equipe com um volume de jogo muito forte.

“Jogar em casa é sempre vantajoso. Nossa torcida vem nos apoiando desde o início do campeonato. A cidade toda está ansiosa por esta partida, pelo título e pela vaga na Superliga. Já o nosso foco é entrar em quadra para vencer, queremos muito o título. Quanto à final, já estamos trabalhando há mais de uma semana focados no Voleisul. O André (Nascimento) é o principal atacante do time adversário, e é muito acionado. Precisamos ter uma marcação especial sobre ele. Outro aspecto que temos que ter atenção é no nosso coletivo. O Voleisul depende muito da velocidade para jogar, então nosso saque tem quem funcionar bem para dificultar o passe e atrasar as jogadas deles”, disse o técnico Reinaldo Bacilieri.

Pelo lado do Voleisul/Paquetá Esportes, o técnico Gilson ‘Mão de Pilão’ tentou corrigir os erros apresentados na derrota para o Sada/Contagem (o time ganhou a vaga no STJD devido a irregularidade de atletas da equipe mineira). O oposto André Nascimento é o grande destaque dos gaúchos, mas vale ficar atento ao ponteiro Ivan e ao central Aureliano, verdadeiros líderes em quadra.

“Sempre trabalhei de forma que todos acreditassem no nosso projeto. Ao longo do campeonato, essa confiança aumentou e isso foi importante nesse período de duas semanas, quando treinamos focados, com a expectativa de que estaríamos na final (...) Quando se chega ao final de um campeonato, o trabalho de base está feito. Mas é o momento de minimizar erros bobos, de trabalhar o volume de jogo”, declarou o treinador Gilson ‘Mão de Pilão’.

“A semana está sendo muito importante. Treinamos focados no São José que já joga junto há bastante tempo. O nosso time foi montado este ano, então isso pode pesar um pouco. Eu, por ser mais experiente, tenho uma grande responsabilidade com o time, tenho que virar as bolas e passar tranquilidade. No jogo decisivo, quem tiver mais sangue frio, errar menos e estiver atento aos detalhes será o vencedor, independentemente de qualquer favoritismo”, contou o oposto André Nascimento.

foto: Tião Martins/ PMSJC & Daniel Nunes/Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Apan/Blumenau contrata Thiago Alves e confirma sete renovações

CBV divulga tabela oficial da Superliga B com estreia no dia 24 de janeiro

(Paulista) Sesi-SP estreia contra a Climed/Atibaia nesta quarta-feira