(Superliga) De virada, Sesi-SP supera São Bernardo e chega as semifinais

Fechando as quartas de final da Superliga 2013/2014, o Sesi-SP venceu, de virada, o São Bernardo por 3 sets a 1, parciais de 18/21, 21/13, 21/14 e 21/15, no ginásio Adib Moyses Dib. Como já havia vencido o primeiro jogo, na Vila Leopoldina, o time paulistano garantiu vaga nas semifinais, onde irá enfrentar o Brasil Kirin/Campinas, que eliminou o Kappesberg/Canoas.

A partida começou com um saque forçado do ponteiro Mão, do Sesi, que rendeu um contra-ataque arrematado pelo central Sidão, 1 a 0. Na sequência o time da capital paulista manteve-se na frente, até que, em um rally disputado, o oposto Leozão, do São Bernardo, deixou a equipe do ABC a frente do placar, 5 a 4. E assim foi até o tempo técnico, 7 a 6. O São Bernardo chegou a abrir dois pontos de vantagem, mas o Sesi voltou a assumir a liderança do placar com dois bloqueios, 12 a 11. Mas o bloqueio que funcionou melhor foi o do São Bernardo, deixando-o novamente em vantagem até fechar o set em 21 a 18.

A segunda parcial começou com mudança no Sesi. O ponteiro Manius iniciou o set no lugar de Mão. A mexida fez efeito e o time paulistano abriu dois pontos de vantagem em 4 a 2. Uma sequência de erros de saques de ambos os lados fez o Sesi chegar na frente na parada técnica, 7 a 6. Em seguida, dois erros dos visitantes deixou o São Bernardo na frente, 9 a 7. O Sesi voltou a se organizar em quadra, e, com um ataque de Manius, abriu novamente dois pontos, 14 a 12. Agora foi a vez do São Bernardo se perder no jogo, permitindo que o Sesi abrisse 16 a 12, o brigando o técnico Pedro Uehara a pedir tempo. E com um bloqueio, o Sesi fecha o set em 21 a 13, e empata o jogo.

O terceiro set teve início com um ataque pelo meio de Matheus, 1 a 0. O Sesi logo assumiu a frente e foi assim até o tempo técnico, em 7 a 5. Com o bloqueio de Lucarelli, a vantagem aumentou, 9 a 6. No erro do levantamento de Rodrigo, o Sesi chegou a 11 a 8. O técnico do São Bernardo trocou de levantador e colocou Canhoto para jogar. Mesmo com a mudança, o time da casa não conseguiu reagir e os visitantes alargaram o placar, 14 a 9. Quando o Sesi chegou ao set point, o São Bernardo reagiu, mas não foi suficiente. Lucarelli fechou o terceiro set para o time visitante, 21 a 14.

Na abertura da quarta parcial o Sesi aproveitou o bom momento em quadra e abriu três pontos, 4 a 1. A vantagem perdurou até o tempo técnico, 7 a 4. Com o bloqueio de Sidão, o time paulistano fez 11 a 8. O São Bernardo continuou errando muito, e mesmo com as mudanças do técnico Pedro Uehara, que colocou o central Douglas, de apenas 18 anos, para jogar desde o início do set, além de manter o levantador Canhoto e Michael, que é meio-de-rede, mas vem fazendo o papel de oposto, o Sesi manteve a distância no placar. Renan atacou pela saída e fez 16 a 10. Os dois times seguiram trocando bola até que, novamente com o oposto Renan, o Sesi fechou o set e o jogo, 21 a 15.

“Vamos estudar bem o adversário. Temos pouco tempo, mas vamos nos desenvolver. A falta do Evandro é enorme, mas o Renan foi muito bem, apesar de o nosso entrosamento ainda não ser o ideal. Temos um grande plantel de atacantes, mas o Evandro era o que vinha se estacando mais. Teremos um grande adversário pela frente na semifinal”, disse o levantador Sandro.

“De novo começamos errando muito o saque forçado. Treinamos muito isso durante a semana, mas não estava funcionando no jogo. Decidimos começar a usar o flutuante, o que nos ajudou a chegar de forma mais consistente no bloqueio”, comentou o central Sidão.

“É estranho, é difícil. Agora tenho que tocar a vida, ainda no esporte, provavelmente nesta cidade que me acolheu, ajudar fora da quadra tanto como estive dentro, vou enterrar o jogador. O voleibol me fez conhecer o mundo, me fez crescer, o esporte que me deu tudo”, declarou o oposto Joel, de 40 anos, e que está se despedido do esporte.

Equipes:


São Bernardo: Rodrigo, Leozão, Matheus, Luizinho, Ricardo, Ceará e Felipe (líbero)
entraram: Canhoto, Michael, Pedrinho e Douglas
Técnico: Pedro Uehara

Sesi-SP: Sandro, Renan, Lucão, Sidão, Mão, Lucarelli e Serginho (líbero)
entraram: Thiaguinho, Manius e Murilo
Técnico: Marcos Pacheco

foto: Lucas Dantas/Fiesp

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fabiano Magoo convoca jogadores para a Seleção Brasileira Sub-19

Apan/Blumenau contrata Thiago Alves e confirma sete renovações

CBV divulga tabela oficial da Superliga B com estreia no dia 24 de janeiro