(Superliga B) Tudo ou nada para Voleisul/Paquetá Esportes e Sada/Contagem

Nesta terça-feira, às 20h, Sada/Contagem e Voleisul/Paquetá Esportes se enfrentam no ginásio do Riacho pelo terceiro e decisivo jogo das semifinais da Superliga B. A serie está empatada em 1 a 1 (os gaúchos venceram em MG e os mineiros ganharam no RS) e quem vencer esse duelo em Minas Gerais garante vaga na decisão para enfrentar o São José dos Campos.

Depois de perder em casa na primeira partida, o Sada/Contagem jogo muito e conseguiu vencer por 3 sets a 1, de virada, em Novo Hamburgo. Agora, o técnico Henrique Furtado quer o time focado e errando o menos possível diante dos gaúchos, porém sabe que o adversário tem qualidades e vai dificultar as coisas Com um elenco bastante jovem, o objetivo é dar tranquilidade para os atletas nos momentos decisivos.

“As duas partidas anteriores foram muito difíceis. O fator casa não ajudou nenhuma das equipes, espero que isso mude a nosso favor neste terceiro jogo. Vamos entrar muito focados. Nós conseguimos sacar e passar melhor no jogo lá no Rio Grande do Sul. Agora precisamos evoluir no ataque e no bloqueio para conquistarmos a vaga na decisão (...) O nosso time evoluiu muito em relação à primeira partida da semifinal, melhorou em alguns fundamentos. O Voleisul tem um ataque poderoso. A gente tem que entrar sacando muito bem e precisamos de uma melhora no nosso ataque também. Esse poder de superação nós já mostramos muitas vezes no campeonato, com sets complicados, jogos difíceis. Essa equipe fez coisas muito bonitas. Para muita gente essa não era a expectativa do time, de chegar em uma decisão. Mas a gente sabe do que esses garotos são capazes. Vamos brigar muito por essa vaga na final”, contou Henrique Furtado.

Pelo lado do Voleisul/Paquetá Esportes, o técnico Gilson ‘Mão de Pilão’ tenta remobilizar o grupo para o terceiro duelo, já que ficou um gosto amargo a derrota em casa no último sábado. O oposto André Nascimento espera que os erros diminuem, mas a confiança em fazer um bom jogo continua, já que a equipe conseguiu vencer o Sada/Contagem no primeiro duelo.

“Precisamos fazer alguns ajustes, muito mais psicológicos do que técnicos. Na partida em Novo Hamburgo, cometemos alguns erros individuais, que, em uma decisão, resultam em derrota. Agora vamos encarar a maratona que temos pela frente”, avaliou o treinador Gilson ‘Mão de Pilão’.

“Tivemos pequenos erros e u pouco de ansiedade para fechar”, avaliou. “Agora é hora de levantar a cabeça, porque temos plenas condições de voltar de Minas com uma classificação, como já mostramos nos dois jogos”, destacou o oposto André Nascimento.

foto: Daniel Nunes/Divulgação

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Fabiano Magoo convoca jogadores para a Seleção Brasileira Sub-19

Apan/Blumenau contrata Thiago Alves e confirma sete renovações

CBV divulga tabela oficial da Superliga B com estreia no dia 24 de janeiro