(Superliga) UFJF surpreende Vivo/Minas e vence no tie-break

Mesmo jogando na Arena, em Belo Horizonte, a UFJF venceu o Vivo/Minas por 3 sets a 2, parciais de 21/16, 11/21, 21/17, 14/21 e 15/8, em jogo atrasado da 1ª rodada do returno da Superliga 2013/2014. Com o resultado, a equipe do técnico Chiquita segue na 12ª colocação, mas agora com dez pontos. Já o time da capital mineira permanece em quinto lugar, com 29 pontos.

Vivo/Minas e UFJF começaram bem o jogo, trocando pontos e alternando na liderança do placar. Após a primeira parada técnica, os donos da casa se desconcentraram e, sem conseguir virar bolas, viu o adversário abrir ampla vantagem (16 a 10). No fim, vitória para o time do interior de Minas Gerais por 21 a 16. O segundo set foi central Henrique, que com três pontos de bloqueio e um de saque colocou a equipe de Belo Horizonte de volta no jogo. Mais concentrada, os minastenistas dominaram a parcial e fecharam em 21 a 11.

Os dois times entraram ligados no terceiro set e voltaram a equilibrar forças na partida. Mas, com bom aproveitamento no bloqueio e no ataque, e contando com os erros da equipe da casa, a UFJF venceu por 21 a 17. Em mais um início de parcial muito equilibrado, as duas equipes trocaram pontos até o segundo tempo técnico. A partir daí, a Vivo/Minas passou à frente e, em mais um bom momento de Henrique na partida, com dois pontos de saque consecutivos, a equipe de BH abriu 19 a 13 e na sequência fez 21 a 14. No tie-break, os visitantes começaram melhor e não deram chances ao adversário, vencendo por 15 a 8.

“A UFJF fez um grande jogo e mereceu a vitória. A Superliga é uma competição muito equilibrada, não jogamos bem taticamente e o resultado foi justo”, disse o técnico Horacio Dileo.

O próximo compromisso das duas equipes será no próximo sábado. O Vivo/Minas terá pela frente o Moda Maringá, às 17h, na Arena, em Belo Horizonte. Já a UFJF receberá a Funvic/Taubaté, às 18h, no ginásio da faculdade de educação física, em Juiz de Fora.

Equipes:

Vivo/Minas: Marcelinho, Bjelica, Maurício Borges, Lucas Lóh, Henrique, Franco e Lukinhas (líbero)
entraram: Filip, Evandro, Rapha e Otávio
Técnico: Horacio Dileo

UFJF: Daivison, Victor Hugo, Japa, Rivoli, Jardel, Ninão e Tatinho (líbero)
entraram: Lucão, Gelinski, De Paula, Daniel e Hugo
Técnico: Chiquita

foto: Orlando Bento/Vivo/Minas

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Saída de Leal para o Civitanova faz Sada/Cruzeiro aquecer mercado internacional

Fabiano Magoo convoca jogadores para a Seleção Brasileira Sub-19

Apan/Blumenau contrata Thiago Alves e confirma sete renovações