(Mineiro) Vivo/Minas vence Sertão/Pirapora no tie-break e vai a final

Em um jogo emocionante e muito disputado, o Vivo/Minas venceu o Sertão Minas/Pirapora por 3 sets a 2, parciais de 19/21, 23/21, 14/21, 27/25 e 15/9, no ginásio do Riacho, em Contagem, pela semifinal do Campeonato Mineiro. Com isso, a equipe do técnico Horacio Dileo garantiu uma vaga na decisão, que ocorre neste domingo, às 9h, no mesmo local, diante do Sada/Cruzeiro, que derrotou a UFJF, na outra semifinal.

O Vivo/Minas começou bem o jogo deste sábado, mas alguns erros cometidos fizeram a equipe terminar o primeiro tempo técnico perdendo por 7 a 5. O time buscou o resultado e com um ponto de saque de Bjelica empatou em 11 a 11. Os próximos pontos da partida foram bem disputados, e as equipes se alternavam na liderança do placar. No momento decisivo do set, o Sertão Minas/Pirapora foi mais eficiente nas viradas de bola e venceu por 21 a 19.

No segundo set, o Vivo/Minas voltou mais concentrada e se manteve sempre à frente no placar. O bom aproveitamento no saque, com pontos de Bjelica e Maurício Borges, e os erros do adversário permitiram que a equipe minastenista abrisse quatro pontos (14 a 10). Mesmo em desvantagem, o Sertão Minas/Pirapora não se abateu em quadra e empatou o set nos pontos finais. Bem disputada, a parcial terminou 23 a 21 para os comandados de Horacio Dileo.

Com um saque forte, o time do interior do Estado não deu chances para a equipe minastenista no terceiro set. Com cinco pontos de frente já no início, o Sertão Minas/Pirapora aproveitou a instabilidade do Vivo/Minas em quadra e não teve dificuldades para vencer por 21 a 14.

Precisando da vitória no quarto set para levar a partida para o tie-break, o Vivo/Minas lutou muito, mas a equipe de Pirapora continuou bem na partida e terminou na frente nos dois tempos técnicos. Com muita raça e vibração dos ponteiros Piá e Rapha, a equipe minastenista reagiu e, após um fim de set emocionante e disputadíssimo, venceu por 27 a 25.

Embalados pela vitória no quarto set, os jogadores do Vivo/Minas começaram com tudo a disputa do tie-break. Já no início, a equipe conseguiu abrir vantagem com pontos de bloqueio de Henrique e Rapha (6 a 2). Ainda com muita vibração em quadra, a equipe administrou a vantagem, fez 15 a 9.

“Essa vibração é uma característica minha, já venho fazendo nos treinos e o importante é que isso ajude a equipe. Hoje foi um jogo difícil, mas agora é focar na final. É o momento de jogar bem e fazer um grande jogo para conquistar o nosso principal objetivo, que é trazer esse título de volta para o Minas”, afirmou o ponteiro Piá.

Equipes:

Vivo/Minas: Marcelinho, Franco, Maurício Borges, Lucas Lóh, Bjelica, Henrique e Lukinhas (líbero)
entraram: Evandro, Filip, Piá, Rapha e Otávio
Técnico: Horacio Dileo

Sertão Minas/Pirapora: Everaldo, Wanderson, Bob, Danilo, Alberto, Petrus e Thiago Brendle (líbero)
entraram: Vivalde, Fabiano, Peixoto e Edinho
Técnico: Nery Tambeiro

foto: Orlando Bento/Vivo/Minas

Comentários